Nasdaq sobe quase 3%, mas não escapa à sexta semana consecutiva de perdas

Índices norte-americanos aceleram neste final de semana e o Nasdaq chega a recuperar 2,6%. Um ganho que não chega para eliminar a queda de quase 6% nesta semana.

As bolsas norte-americanas respiram de alívio esta sexta-feira, depois de uma semana que atirou o Nasdaq para uma queda superior a 25% face à cotação no início do ano. Os investidores ficaram mais otimistas depois de o presidente da Fed ter descartado, novamente, uma subida de juros de 75 pontos base. Mas o sentimento continua frágil.

Enquanto o S&P 500 sobe 1,28%, o industrial Dow Jones ganha 0,74%. É mesmo o Nasdaq o que brilha mais, ao disparar 2,68%, uma subida que, ainda assim, não chega para recuperar da queda acumulada de quase 6% nas cinco sessões da semana, a sexta consecutiva de perdas avultadas.

A pressão vendedora agravou-se na quarta-feira, depois de uma leitura da inflação dos EUA que mostrou uma desaceleração em abril face a março, mas que, ainda assim, uma taxa superior ao que era esperado pelos investidores.

Nas ações, obrigações e até criptomoedas, as quedas dos últimos dias ficarão na memória. E segundo alguns analistas, podem não ficar por aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nasdaq sobe quase 3%, mas não escapa à sexta semana consecutiva de perdas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião