Elétricos usados já se vendem “mais rapidamente” do que todos os outros automóveis online

  • Filipe Maria
  • 19 Maio 2022

Elétricos usados já se vendem online a um ritmo mais acelerado do que todos os restantes automóveis, mas a escassez de stock limita o número de vendas e faz subir o preço.

Os automóveis elétricos usados em Portugal já se vendem “mais rapidamente do que todas as outras motorizações”, de acordo com o último relatório do Observatório Indicata.

Em abril, as vendas online de veículos elétricos aos consumidores aumentaram 138% em termos homólogos, um valor que, ainda assim, ficou 33% abaixo do registado em março, em parte devido à “escassez do stock de qualidade adequado”.

Os níveis de stocks de usados online em Portugal foram 9,2% mais baixos no início de maio, face ao mês anterior, devido à elevada rotação e subsequente escassez. Em comparação com o início de maio de 2021, a redução já chega aos 25,5%.

O relatório aponta também para uma quebra de 5% nas vendas gerais de automóveis usados referentes a abril, face a março, e uma redução de 27,2% face a abril de 2021. O relatório justifica esta queda com a continuação de uma procura “forte” prejudicada pela “fraca oferta”, resultando numa dificuldade em obter vendas.

Com as restrições da oferta automóvel aliadas à “forte” procura, o preço médio dos automóveis usados tem vindo a aumentar, tendo já subido 0,8 pontos percentuais (pp) em termos mensais, estando agora 7,5 pp mais elevados do que no início do ano.

Preço médio de venda dos automóveis usados (base = janeiro de 2021):

Fonte: Indicata

Vendas caem 9% até abril

Na generalidade dos 13 mercados sob análise (Reino Unido, França, Espanha, Portugal, Itália, Áustria, Alemanha, Bélgica, Países Baixos, Suécia, Dinamarca, Polónia e Turquia), as vendas online de usados em abril foram 7,9% inferiores às de março, e 14,8% mais baixas em termos homólogos.

Além disso, analisando as vendas acumuladas nos primeiros quatro meses do ano, a venda de automóveis caiu 9% face ao mesmo período do ano passado, mas apenas 4,4% face aos níveis pré-pandemia de 2019.

Já a venda específica de elétricos, na generalidade dos mercados, segue a tendência do mercado nacional, visto que, em abril de 2022, as vendas cresceram 50% em termos homólogos. Ainda assim, devido às restrições de fornecimento, a venda geral de elétricos usados em abril permaneceu 38% abaixo dos níveis de março deste ano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Elétricos usados já se vendem “mais rapidamente” do que todos os outros automóveis online

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião