Dona do Snapchat afunda 43% e atira Nasdaq para o vermelho

Snap assustou os mercados ao antecipar uma quebra nos lucros. Desempenho negativo alastrou-se a outras redes sociais.

As bolsas de Nova Iorque encerraram em terreno misto, com o setor industrial a ser o único a escapar às perdas. O destaque desta sessão são as ações da dona do Snapchat, que afundaram 43% e arrastaram todo o setor para terreno negativo.

O índice de referência financeiro, S&P 500, caiu 0,8% para 3.942,10 pontos, enquanto o industrial Dow Jones escapou às perdas e somou 0,15% para 31.928,62 pontos. O tecnológico Nasdaq desvalorizou 2,35% para 11.264,45 pontos, penalizado pelo desempenho da Snap.

A dona do Snapchat afundou 43,08% para 12,79 dólares, depois de ter comunicado que não deverá atingir as metas traçadas para o trimestre, havendo ainda o risco de cortar nas contratações, arriscando perder, assim, cerca de dez mil milhões de dólares em valor de mercado.

“O principal culpado é o aviso da Snap na noite de segunda-feira”, diz Adam Crisafulli, da Vital Knowledge, citado pela CNBC. “Alguns [investidores] estão um pouco incrédulos que uma rede social relativamente pequena e permanentemente não lucrativa” possa ter este impacto.

Este sentimento negativo acabou por afetar outras redes sociais, levando a quedas de empresas como a Meta, dona do Facebook, que afundou 7,62% para 181,28 dólares, e a Alphabet, dona do Google, que caiu 4,95% para 2.119,40 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dona do Snapchat afunda 43% e atira Nasdaq para o vermelho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião