Concurso para o Siresp custa 75 milhões de euros

O Governo lançou um concurso público internacional no valor de 75 milhões de euros para a gestão e manutenção do Siresp. Está previsto ainda uma verba adicional para atualização do sistema.

O Governo lançou esta segunda-feira um concurso público internacional tendo em vista a adjudicação da gestão e manutenção do Sistema Integrado de Redes de Emergência e de Segurança de Portugal (Siresp). O concurso está avaliado em 75 milhões de euros.

“O reforço, a modernização e a adaptação da transição digital em curso das redes de comunicação do ministério da Administração Interna constitui uma das mais importantes prioridades políticas em desenvolvimento”, começou por explicar o ministro da Administração Interna, em declarações transmitidas pelas televisões, acrescentando que com o lançamento deste concurso a gestão da rede Siresp passará a ser detida na “totalidade” pelo Estado.

O concurso “integra as recomendações do Tribunal de Contas, da comissão técnica independente para os incêndios de 2017 e da Anacom” e terá um valor de 75 milhões de euros. A este montante “acrescerá um investimento na ordem dos 36,5 milhões de euros a lançar pela secretaria-geral e com o recuso a financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência”, adiantou ainda José Luís Carneiro.

Além disso, está ainda previsto uma verba adicional de 38,5 milhões de euros “destinada ao seu funcionamento e permanente atualização”. Todos estes valores serão investidos ao longo de cinco anos.

Em 2021, a empresa pública que gere o Siresp registou prejuízos superiores a 2,25 milhões de euros. O resultado líquido representou um ligeiro agravamento face aos dois milhões que tinha perdido em 2020, mas a diferença face ao orçamentado atingiu proporções bastante mais significativas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Concurso para o Siresp custa 75 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião