Alemanha vai reduzir IVA do gás para 7%

O governo alemão vai reduzir IVA do gás para 7%, de forma a suavizar os crescentes encargos para famílias e empresas. Redução vigora até março de 2024 e nova taxa entra em vigor a 1 de outubro.

A Alemanha vai reduzir o imposto sobre a venda de gás de 19% para 7%, de forma a mitigar os custos energéticos das famílias e empresas, anunciou esta quinta-feira o chanceler alemão citado pela Reuters.

“O aumento dos preços da energia é um grande fardo para muitos cidadãos”, disse Olaf Scholz, em declarações aos jornalistas em Berlim. “Com esta etapa, existirá um alívio para os clientes muito maior do que a carga adicional causada pela taxa de gás”, acrescentou, sublinhando que espera que as empresas passem a redução de impostos integralmente aos clientes. A redução no imposto do gás ficará em vigor até março de 2024 e entra em vigor no dia 1 de outubro.

Scholz adiantou ainda que o governo irá trabalhar num novo pacote, o terceiro, para ajudar a economia. “A questão da justiça é decisiva para manter nosso país unido nesta crise”, disse.

Esta semana, Berlim esteve em negociações com a Comissão Europeia, de modo a procurar uma forma de reduzir a carga fiscal junto dos consumidores. As negociações resultaram do indeferimento de Bruxelas relativamente a proposta alemã para uma isenção de imposto sobre valor agregado. “Como uma isenção de impostos diretos não é possível sob a lei europeia, uma redução temporária do IVA sobre o gás é lógica”, disse também o ministro da Economia, Robert Habeck.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Alemanha vai reduzir IVA do gás para 7%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião