Exclusivo DPD já entrega com zero carbono em Lisboa e vai alargar esforço a oito cidades

Porto, Seixal, Guarda, Évora, Viseu, Leiria, Faro e Funchal são as cidades que se seguem, nos planos da DPD, para terem frotas de entrega totalmente elétricas.

A DPD Portugal conta com uma frota de 55 veículos 100% elétricos que dão conta de todas as entregas na cidade de Lisboa, afirmando-se como a primeira operadora expresso a fazer a entrega de encomendas na capital com uma frota composta integralmente por veículos sem emissões. Até 2023, a empresa espera replicar este esforço em mais oito cidades portuguesas.

“Atualmente, a nossa frota elétrica conta com 55 veículos 100% elétricos para as entregas em Lisboa. A previsão é a de alargar este número para 208 veículos entre final de 2022 e o ano de 2023”, informa o COO da DPD Portugal, Rui Nobre, em declarações ao ECO/Capital Verde, acrescentando que os 208 veículos verdes corresponderão a quase um terço – 28% – do total da frota da distribuidora em Portugal.

A frota em Lisboa vai permitir evitar perto de 330 toneladas de gases poluentes por ano. Porto, Seixal, Guarda, Évora, Viseu, Leiria, Faro e Funchal são as cidades que se seguem, nos planos da DPD, para receberem frotas de entrega totalmente elétricas.

"O custo-benefício a médio-longo prazo da aquisição de veículos elétricos será bastante significativo para o setor”

Rui Nobre

COO DPD Portugal

A iniciativa de utilizar veículos elétricos nas entregas integra-se no objetivo do grupo DPD de ter 15.000 veículos de emissões reduzidas até 2025, espalhados por 350 cidades europeias. A empresa prefere contudo não precisar o investimento que foi feito nestas mudanças na frota, indicando apenas que, a nível europeu, serão gastas “várias centenas de milhões de euros”.

Sobre os ganhos, a empresa adianta que, em média, um veículo elétrico acumula menos de metade dos custos de viagem de um veículo a combustão quando realizado um percurso com a mesma distância. Além disso, a manutenção de uma viatura elétrica acaba por ser mais simples e económica, uma vez que têm menos peças móveis. “O custo-benefício a médio-longo prazo da aquisição de veículos elétricos será bastante significativo para o setor”, indica a DPD.

Em 2021, o Grupo DPD registou um aumento de 14,8% na receita, com mais de 2 mil milhões de encomendas entregues em todo o mundo e um lucro operacional superior a mil milhões de euros pela primeira vez na sua história. Para este total, a DPD Portugal contribuiu ao registar um crescimento de 12,1% de faturação, tendo atingido 88,5 milhões de euros nesse ano, o que corresponde a um total de 23,8 milhões de encomendas, num aumento de 10,8% face a 2020. “Para 2022, a expectativa é a de ultrapassar estes valores alcançados e continuar a expandir a nossa atividade em Portugal”, garante o COO.

Sustentabilidade acelera para lá das frotas

A pegada carbónica das entregas reduz-se se, em vez de estas se concretizarem porta a porta, forem antes deixadas nas lojas ou cacifos da rede da DPD, a chamada “rede Pickup”. Esta conta com mais de 1200 lojas e cacifos – a empresa calcula que estas opções diminuam as emissões de CO2 em até 90%, ao mesmo tempo que reduz o trânsito na cidade. Em paralelo, o serviço Predict, que consiste numa interação mais imediata com o destinatário via SMS ou e-mail, permite reduzir o insucesso de entregas por ausência e poupar deslocações desnecessárias. A palavra de ordem, quanto a estas duas opções, é “consciencializar” os consumidores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

DPD já entrega com zero carbono em Lisboa e vai alargar esforço a oito cidades

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião