Alqueva tem maior solar flutuante em barragem na Europapremium

A barragem do Alqueva ganhou mais um papel na geração de energia. Acolhe agora uma plataforma de painéis solares flutuantes, uma solução nova para a necessidade de reforço nas renováveis.

Por entre o azul das águas paradas da barragem do Alqueva, paira agora um manto de painéis solares que, no silêncio da paisagem alentejana, se impõem discretamente como o maior parque solar flutuante em albufeira de barragem na Europa.Ao todo, contam-se 11.322 painéis que ocupam uma área de quatro hectares- o equivalente a cerca de 0,016% do espaço total da albufeira do Alqueva. Estes deverão produzir cerca de 7,5 gigawatts-hora de energia por ano, o suficiente para abastecer cerca de 1.500 famílias com uma média de quatro membros cada.Ou o equivalente a mais de 30% das famílias da região de Portel e Moura, os municípios que rodeiam a barragem. Esta sexta-feira, a EDP, responsável por este projeto e pioneira no mundo no desenvolvimento desta tecnologia, apresentou o projeto. Do alto da

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos