Celeste Hagatong e Ana Carvalho saem da Cosec para o Banco do Fomento

  • Lusa e ECO Seguros
  • 22 Junho 2022

As dirigentes da Cosec vão sair para liderar o Banco de Fomento a convite do ministro da Economia. Experiência na área dos seguros de crédito precedida de trabalho em banca de empresas foram chave.

Celeste Hagatong vai ser presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento.

Celeste Hagatong e Ana Carvalho, atuais presidente e administradora executiva da seguradora de crédito Cosec, foram escolhidas pelo Governo para, respetivamente, a presidência do Conselho de Administração do Banco do Fomento e para presidente executiva (CEO) da mesma instituição.

Em nota enviada à Lusa, o ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, indicou que Celeste Hagatong “tem uma longa carreira na banca e nos seguros e experiência em diferentes setores de atividade, desde o Corporate Finance e Project Finance à banca de empresas”, sublinhando que “a sua clarividência, liderança e dinâmica vão ser essenciais para fazer do Banco Português de Fomento o banco promocional do Estado Português.

Por sua vez, Ana Rodrigues de Sousa Carvalho conta “com uma experiência multifacetada na banca e nos seguros, incluindo o acompanhamento comercial de empresas e a área de capital de risco, e a sua experiência será essencial para aproximar o Banco Português de Fomento das empresas e do sistema financeiro”.

Ainda de acordo com o governante, a atual CEO do Banco Português de Fomento, Beatriz Freitas, “vai terminar o seu mandato”, agradecendo à gestora “todo o seu trabalho, empenho e dedicação à frente do Banco Português de Fomento no período difícil do lançamento do Banco, que coincidiu com a pandemia”.

Por sua vez, “os restantes membros da Comissão executiva do Banco Português de Fomento” – Tiago Simões de Almeida, Rui Dias e Susana Bernardo – “mantêm-se em funções”, destacou.

O ministro indicou ainda que a escolha das gestoras será agora “objeto do processo de ‘fit and proper’ do Banco de Portugal e do processo de avaliação bem como da intervenção da Comissão de Auditoria do Banco Português de Fomento para, no respeito escrupuloso pelos procedimentos em vigor, a nomeação ser efetuada em Assembleia Geral assim que estiverem criadas as condições para tal”.

Ainda de acordo com o governante, a atual CEO do Banco Português de Fomento, Beatriz Freitas, “vai terminar o seu mandato”, agradecendo à gestora “todo o seu trabalho, empenho e dedicação à frente do Banco Português de Fomento no período difícil do lançamento do Banco, que coincidiu com a pandemia”.

Conferência PRR e a Transformação da Economia - 16JUL21
Atual CEO Beatriz Freitas vai “terminar o seu mandato”Hugo Amaral/ECO

Por sua vez, “os restantes membros da Comissão executiva do Banco Português de Fomento” – Tiago Simões de Almeida, Rui Dias e Susana Bernardo – “mantêm-se em funções”, destacou.

O ministro indicou ainda que a escolha das gestoras será agora “objeto do processo de fit and proper do Banco de Portugal e do processo de avaliação bem como da intervenção da Comissão de Auditoria do Banco Português de Fomento para, no respeito escrupuloso pelos procedimentos em vigor, a nomeação ser efetuada em Assembleia Geral assim que estiverem criadas as condições para tal”.

Ligações Cosec e Banco de Fomento já eram intensas

A COSEC, uma associação entre o BPI e a Allianz Trade, é a seguradora líder em Portugal em Seguro de Crédito e Seguro Caução, sendo responsável, por conta e ordem do Estado Português, pela cobertura e gestão dos riscos de crédito, caução e investimento, principalmente para países de risco mais agravado. As relações entre a Cosec e o Banco de Fomento foram sempre intensas, tendo-se especulado há cerca de um ano, de que o banco estatal poderia adquirir o capital da seguradora de crédito. O que não se confirmou.

Maria Celeste Hagatong iniciou funções como Presidente do Conselho de Administração da COSEC, em julho de 2017, tendo sido até essa data e durante os últimos 10 anos, membro não executivo do Conselho de Administração da COSEC, em representação do BPI. Começou a sua carreira profissional no Ministério das Finanças, tendo posteriormente iniciado funções no BPI, onde esteve 33 anos. No BPI, desenvolveu atividade no Banco de Investimento e desde 2002 como membro do Conselho Executivo do Banco, sendo responsável pelo Corporate Banking e Project Finance. No BPI foi responsável pelo lançamento e dinamização da venda de seguro de créditos da COSEC, na rede da Banca de Empresas.

Ana Carvalho é Administradora Executiva da COSEC desde 2019, com os pelouros Comercial e de Marketing e Comunicação. Foi durante 10 anos Diretora de Desenvolvimento de Negócio de Empresas no BPI, e conta com mais de 20 anos de experiência profissional na Banca, no segmento “business to business”. Começou a sua carreira na Direção de Empresas do BPI e também integrou a equipa de Capital de Risco deste Grupo.

(Notícia atualizada às 18h40 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Celeste Hagatong e Ana Carvalho saem da Cosec para o Banco do Fomento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião