GALP 0,04%
EDP 1,69%
CTT 0,40%
NOS 1,01%
JMT 0,18%
SON 0,52%

Numa altura em que as negociações do Orçamento do Estado para 2022 chegam à sua fase decisiva, Marcelo Rebelo de Sousa assegura trabalhar somente para o cenário "desejável": o da sua viabilização.

Governo deu "luz verde" à subida da compensação pela cessação dos contratos a termo para 24 dias por ano. Cede aos partidos da esquerda para tentar facilitar aprovação do Orçamento do Estado.