Imobiliário

O alvo do novo fundo são ativos imobiliários logísticos em países como Portugal, Itália, Espanha. Tem um volume de investimento de 1,5 mil milhões de euros. Azambuja foi o primeiro local escolhidido.