Finanças Pessoais

Provedoria de Justiça disse que as instituições bancárias podem "cobrar as comissões que entendam", para contratos celebrados antes de 2021.

Natália Nunes, responsável pelo Gabinete de Proteção Financeira da Deco, diz ao ECO que prolongar as moratórias pode evitar que "as pessoas entrem em situação de incumprimento" já em abril.