Finanças Pessoais

Euribor mantém-se a três meses ao ser fixada em 1,975%, enquanto que a seis e a 12 meses sobe para 2,436% e 2,841%, respetivamente. Prazo de seis e 12 meses atinge novo máximo de janeiro de 2009.

Desde o início do ano que a taxa de juro dos Certificados de Aforro foi multiplicada por sete vezes, passando de 0,41% em janeiro para 2,84% nas subscrições realizadas em dezembro.