Não há descontos de tempo no aproveitamento dos fundos europeus, alerta Marcelo

"É fundamental que sejam bem utilizados, a tempo, com rigor, transparência e profissionalismo, com eficiência e com eficácia", sublinhou o Chefe de Estado.

Temos de aproveitar até ao limite todos os fundos” europeus que o país tem à sua disposição. “Aqui não há descontos”, alerta o Presidente da República usando um paralelismo com o futsal para deixar um recado ao Executivo.

Na cerimónia de receção da equipa portuguesa de futsal, que acabou de se sagrar bicampeã europeia, Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que as verbas que não forem aproveitadas dentro do prazo serão desperdiçadas. Portugal tem para investir nos próximos anos cerca de 61 mil milhões de euros, sendo que no caso do Plano de Recuperação e Resiliência o desembolso dos 16,4 mil milhões de euros é apenas feito mediante a verificação do cumprimento das metas e marcos previamente acordados com a Comissão Europeia.

“Estamos a entrar numa fase em que temos à nossa disposição não propriamente aquilo que se tem dito, que é o paraíso ao virar da esquina, mas temos muitos fundos europeus”, disse Marcelo Rebelo de Sousa em mais um reparo. “É fundamental que sejam bem utilizados, a tempo, com rigor, transparência e profissionalismo, com eficiência e com eficácia“, sublinhou o Chefe de Estado no seu discurso.

“É também no último minuto?”, questionou Marcelo na sua metáfora. “Não, mas é na segunda parte“, responde, numa referência ao facto de as medidas inscritas no PRR estarem mais concentradas na segunda metade do programa, ou seja, entre 2023 e 2026, ao contrário do que acontece noutros países europeus que optaram por PRR front-loaded. Mas também de Portugal tradicionalmente acelerar a execução dos quadros comunitários no final dos programas. Por exemplo, o Portugal 2020, que tem mais três anos para ser executado, terminou o ano de 2021 com uma taxa de execução de 71%.

“Também aqui não vemos para além do apito final do termo da utilização dos fundos, não temos mais fundos”, disse Marcelo. “Ou ganhamos ou perdemos, como aconteceu convosco na final”, disse o Presidente da República aos jogadores frisando “como o futsal pode ser inspirador para todo o país”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Não há descontos de tempo no aproveitamento dos fundos europeus, alerta Marcelo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião