Direto Domingues: “A Caixa não está parada, antes pelo contrário”

António Domingues vai voltar a ser questionado pelos deputados, agora como ex-presidente da CGD. Desta vez, não há a obrigatoriedade de responder às questões.

No dia em que arranca o processo de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD), António Domingues volta a ser ouvido no Parlamento. Desta vez, não na comissão parlamentar de inquérito à gestão do banco público — que o PSD requereu, mas que a esquerda chumbou –, mas na comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa (COFMA).

António Domingues a ser ouvido no Parlamento.
António Domingues a ser ouvido no Parlamento.Paula Nunes / ECO

O agora ex-presidente da CGD apresenta-se aos deputados para explicar os motivos da sua demissão, bem como a polémica em torno dos salários considerados milionários e a recusa em entregar ao Tribunal Constitucional a declaração de rendimentos e património.

É possível, contudo, que não haja grandes respostas. Se na comissão parlamentar de inquérito Domingues era obrigado a responder às questões dos deputados, o mesmo não acontece na COFMA.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Domingues: “A Caixa não está parada, antes pelo contrário”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião