Óbidos, Vila de Livros

  • ECO + Via Verde
  • 14 Fevereiro 2017

E que tal comprar um livro numa igreja? Levar para casa uma história encantada e legumes frescos? Ou desfrutar de poesia numa adega? Tudo isto é possível num só local — em Óbidos, claro.

A história de Óbidos também se escreve nos livros, para além da que emana das ruas e dos edifícios. Não é à toa que lhe chamam Vila Literária. Ora espreite estas livrarias peculiares.

Livraria da Adega

Chegado à vila de Óbidos, bem antes de entrar no interior das muralhas, encontra um grande portão de onde provém o cheiro a pão acabado de fazer ou por onde espreita uma pequena loja de macarons.

É no interior deste pátio que fica a Livraria da Adega. Este espaço restaurado pela Câmara Municipal oferece uma boa coleção de livros, mas também um pequeno bar onde pode tomar um café ou beber um copo de vinho ou um chocolate quente, bons companheiros para uma leitura descansada.

A Livraria da Adega está apenas aberta de sexta a domingo, a partir das 11H00.

Livraria do Mercado Biológico

É livraria e mercado biológico. Entrando nas muralhas da vila de Óbidos e seguindo pela Rua Direita, entre lojas com pequenas bancas a promoverem a clássica ginjinha, a Livraria do Mercado Biológico marca presença naquele que foi o antigo refeitório da câmara.

Aqui, as frutas e legumes biológicos dividem o espaço com milhares de livros que se estendem pelas altas estantes que sobem até ao tecto.

Se procura exemplares de alfarrabista ou livros raros, este é o local para ir.

A Livraria do Mercado Biológico está aberta todos os dias das 10H00 às 19H00.

Livraria de Santiago

Percorra a Rua Direita até ao fim para achar a Livraria de Santiago. Escusa de procurar nas ruas adjacentes, está mesmo em frente dela. A Livraria de Santiago fica no interior da Igreja de São Tiago, um templo do século XII e um dos edifícios mais emblemáticos de Óbidos.

A antiga igreja deu lugar a uma livraria onde imperam os tons da madeiras das escadas e estantes e as cores das capas e lombadas dos livros que as ocupam.

Para além de vários recantos dedicados à leitura, não é raro poder assistir também aqui a projeções de filmes, debates, lançamentos de livros ou exposições.

A Livraria de Santiago está aberta todos os dias, das 10H00 às 19H00.

E já que está em Óbidos, inspire-se com este vídeo e parta à descoberta do Oeste.

Boa Viagem!

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Óbidos, Vila de Livros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião