Amazon compra a “Amazon do Médio Oriente”

  • ECO
  • 28 Março 2017

A Souq.com, conhecida como a "Amazon do Médio Oriente" tem a sua base no Dubai e já esteve avaliada em mil milhões de dólares.

A Amazon anunciou a aquisição da Souq.com, a maior retalhista online no mundo árabe, segundo a CNBC. Aquela que é conhecida por “Amazon do Médio Oriente” tem a sua sede no Dubai e na sua última ronda de financiamento chegava a valer mil milhões de dólares. O negócio representa o primeiro passo da Amazon para entrar no mercado do Médio Oriente, lar de mais de 200 milhões de pessoas.

Apesar de a companhia norte-americana não ter revelado quanto pagou para adquirir a Souq.com, o site TechCrunch cita fontes que afirmam que o negócio foi de 650 milhões de dólares (conteúdo em inglês). A Amazon já veio, contudo, dizer que espera que a aquisição esteja concluída no final deste ano.

“A Amazon e a Souq.com partilham o mesmo ADN: somos ambas conduzidas pelos consumidores, pela inovação e pelo pensamento a longo prazo”, afirmou Russ Grandinetti, vice-presidente sénior da Amazon.

A Souq.com é pioneira no comércio online no Médio Oriente, criando uma ótima experiência de consumo para os seus clientes. Queremos aprender e suportá-los com a nossa tecnologia e recursos globais. E, juntos, vamos trabalhar afincadamente para disponibilizar os melhores serviços possíveis para os milhões de clientes no Médio Oriente”, acrescentou, no mesmo comunicado da marca aos seus seguidores.

Também a Souq.com veio comentar o negócio: “Somos guiados por muitos princípios comuns à Amazon, e esta aquisição será um passo importante para desenvolvermos a nossa presença no campo do comércio online em prol dos nossos clientes na região do Médio Oriente”, afirmou Ronaldo Mouchawar, CEO e co-fundador da plataforma.

“Ao tornarmo-nos parte da família Amazon, vamos ter a possibilidade de expandir as nossas capacidades de distribuição dos produtos e de seleção dos mesmos muito mais rápida, ao mesmo tempo em que vamos tornar-nos mais uma das grandes retalhistas associadas à Amazon”, salienta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Amazon compra a “Amazon do Médio Oriente”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião