“Chocado ficou o país com a tragédia vivida”, diz Marcelo

  • ECO
  • 26 Outubro 2017

O Presidente da República já reagiu à notícia do jornal Público que diz que o Governo terá ficado "chocado" com o discurso ao país de Marcelo na passada terça-feira sobre os incêndios deste verão.

“Chocado ficou o país com a tragédia vivida”. Foi assim que Marcelo Rebelo de Sousa reagiu à notícia de que o Governo terá ficado surpreso com a dureza do seu discurso na terça-feira, na sequência dos incêndios que mataram mais de 100 pessoas este verão.

Ao jornal Público, fonte do Executivo realçou que a declaração do Presidente da República foi recebida com choque não só pelo tom, mas também porque o Chefe de Estado estava a par de tudo o que estava preparado, desde as medidas de emergência a serem aplicadas à calendarização da demissão da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa. Na intervenção em causa, Marcelo deixou claro que ou o Governo dá prioridade à reforma florestal e prevenção de fogos — começando “um novo ciclo” — ou o Presidente será obrigado a “exercer os seus poderes”.

“Estávamos à espera de um discurso duro, mas ficámos chocados”, acrescentou ainda a fonte governamental referida. De visita à ilha Terceira, nos Açores, o Chefe de Estado não se quis alongar na reação a estas declarações, apesar da insistência dos jornalistas. Marcelo Rebelo de Sousa realçou, no entanto, que a especulação sobre quem ficou mais chocado com o discurso de quem deverá ser deixada de lado e que o foco deverá estar na recuperação do país.

O Presidente da República apelou, assim, a uma “reparação rápida” do país, que diz “não poder ser esquecido sistematicamente”. Marcelo explicou ainda que faltam menos de dois anos para o fim da atual legislatura e que, portanto, a resposta à situação em questão tem de ser considerada urgente.

 

Além disto, o Chefe de Estado recusou opinar sobre a (suposta) deterioração da sua relação de confiança com o Governo, enfatizada por um artigo de opinião publicado, na terça-feira, no jornal oficial do PS, o Ação Socialista, no qual Marcelo é acusado de ser demagogo e populista e de ter exorbitado “claramente, dos seus poderes constitucionais”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Chocado ficou o país com a tragédia vivida”, diz Marcelo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião