5 programas de natureza para fazer em novembro

  • ECO + Via Verde
  • 11 Novembro 2017

Lá pelo frio e a chuva espreitarem em novembro, não quer dizer que se feche em casa. Pelo contrário. Aproveite as cores do outono para se entregar às atividades ao ar livre.

De bicicleta ou a pé, do Gerês à Ria Formosa, saia para a rua e parta à descoberta do país.

Visitar o Parque Nacional do Gerês

Que o Parque Nacional da Peneda-Gerês é um dos maiores e mais bonitos do país já ninguém tem dúvidas. Agora, imagine este local repleto dos tons de outono.

Abrangendo as regiões do Alto Minho e de Trás-os-Montes, esta é uma reserva natural única, com vegetação exuberante e inúmeros cursos de água.

Da albufeira da Barragem da Caniçada, à Cascata do Arado, da vista do Miradouro da Pedra Bela, ao percurso mágico que a Mata da Albergaria oferece, todos os caminhos pelo Gerês podem ser uma surpresa. Pegue na máquina fotográfica e parta à descoberta.

https://www.viaverde.pt/Viagens-Vantagens/Descobrir-Portugal/galerias/geres-encantado

Percorrer a Ciclovia de Mira

Se é adepto da bicicleta, este percurso pode bem tornar-se num dos seus favoritos. São 25 km de ciclovia que o levam por lagoas, ribeiros, caniçais e floresta. Pode percorrer três rotas distintas, cada uma com os seus encantos. A Rota da Gandaresa (10 km), entre a Praia de Mira e o Areão; a Rotas das Lagoas (8 km), com partida da Praia de Mira em direção às Lagoas de Mira; e a rota dos Moinhos (6 km), da Lagoa de Mira à Ermida.

A maioria do caminho é feito em asfalto, mas não faltam alguns passadiços em madeira que acrescentam ainda mais charme à viagem.

Andar por Sintra

Entregue-se ao romantismo da época com um passeio por Sintra. A vila só por si já tem os seus encantos, mas é pela serra que encontra alguns dos monumentos mais belos da região.

Uma maneira diferente de conhecer toda esta riqueza natural e cultural — considerado pela UNESCO como Património da Humanidade — é seguindo os percursos pedestres. Da Pena ao Castelo ou até Seteais, existem trilhos para todos os gostos.

http://www.cm-sintra.pt/percursos-pedestres#pr-s5-quintas

Fazer os trilhos da Costa Vicentina

Mais uma boa opção para os amantes de caminhada. A Rota Vicentina oferece alguns dos percursos pedestres mais belos da Europa.

No total são 450 km de percurso pelo Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, que se estendem de Santiago do Cacém ao Cabo de São Vicente.

Não queremos que os faça de uma só vez, mas entre o Caminho Histórico, o Trilho dos Pescadores e mais oito percursos circulares mais curtos, o que não faltam são opções para ver de perto a bela paisagem da Costa Vicentina.

https://www.viaverde.pt/Viagens-Vantagens/Descobrir-Portugal/Artigos/rota-vicentina-uma-das-mais-belas-da-europa

Passear pela Ria Formosa

Por esta altura, para os lados da Ria Formosa, a maioria dos turistas já abandonou a região e voltou para casa. Mas outros visitantes estão a chegar aos milhares e a fazer da ria ponto de abastecimento.

Diversas espécies de aves usam este local nas rotas de migração e, por tal, este é um dos sítios de eleição no país para o birdwatching.

São 60 km de costa, entre Vila Real de Santo António e Faro, repletos de cenários magníficos e habitats raros. Para conhecer a Ria Formosa, o melhor é apanhar um barco e partir à descoberta dos vários canais.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 programas de natureza para fazer em novembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião