Neeleman compra 32% de uma transportadora francesa

  • ECO
  • 19 Novembro 2017

O acionista da TAP adquiriu 32% da Aigle Azul, segundo a imprensa brasileira. A transportadora aérea francesa foi criada em 1946 e em dez aviões Airbus a operar.

David Neeleman vai voltar a ser sócio do grupo chinês HNA, tal como acontece na Azul e TAP através da Atlantic Gateway, na transportadora aérea Aigle Azur. O empresário brasileiro comprou 32% da companhia francesa sendo que o grupo HNA já era o maior acionista da empresa com uma participação de 48% no capital, de acordo com a Valor Económico.

A Aigle Azur voa para 26 destinos, incluindo Portugal, Alemanha, França e Marrocos, operando neste momento com dez aviões Airbus. Anteriormente, a empresa pertencia à holding Weaving Group, uma empresa ligada ao turismo. Segundo a imprensa, esta é a companhia aérea europeia privada mais antiga.

Em comunicado, o presidente do Weaving Group disse que a decisão de vender a sua participação fará com que a empresa encontre “novas forma de começar um novo capítulo da sua história” e, por outro lado, “por confiar num novo shareholder que conhece o setor e que será capaz de sustentar o negócio”.

Com esta aquisição, David Neeleman assegura participações em cinco transportadoras aéreas: a canadiana WestJet, a norte-americana JetBlue, a brasileira Azul, a portuguesa TAP e agora a francesa Aigle Azur.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Neeleman compra 32% de uma transportadora francesa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião