Estrangeiros compraram 25% das casas vendidas em 2017

  • ECO
  • 11 Janeiro 2018

Brasileiros, mas sobretudo franceses são os grandes compradores de casas em Portugal. Os estrangeiros já valem 25% do mercado, ou seja, um quarto das casas foram compradas por estrangeiros em 2017.

Os estrangeiros compraram um quarto das casas vendidas no ano passado. Brasileiros, mas sobretudo franceses são os grandes compradores de imobiliário em Portugal, revela a APEMIP, a associação que representa os imobiliários e promotores. E isto num cenário em que os preços das casas não param de aumentar.

“Os estrangeiros já valem 25% do mercado, ou seja, um quarto das casas foram compradas por estrangeiros”, afirma Luís Lima, presidente da APEMIP, ao Diário de Notícias. No ano passado, explica, as vendas das casas subiram entre 25% e 30%, o que na prática significa que devem ter sido vendidas mais 23.500 casas do que em 2016 pelas imobiliárias e promotoras.

"Os estrangeiros já valem 25% do mercado, ou seja, um quarto das casas foram compradas por estrangeiros.”

Luís Lima

Presidente da APEMIP

“É um aumento dentro do que prevíamos e que permite antecipar que, neste ano, o imobiliário irá crescer novamente”, acrescenta o presidente da associação que representa os imobiliários, referindo ainda que em regiões como Lisboa, apesar de o preço por metro quadrado estar elevado, ainda está distante do que é praticado noutros países.

Esta subida dos preços não afasta, por isso, os estrangeiros. Em Lisboa, o preço por metro quadrado fixou-se, em dezembro do ano passado, em 2.796 euros, segundo o Índice de Preços da Habitação medido pelo Idealista. Representa uma subida de 36,92% face a dezembro de 2016 e representa a maior subida registada no país. “Em Lisboa, o metro quadrado até pode passar para 7.000 euros, há estrangeiros que pagam”, nota Luís Lima, apelando ao Estado e às autarquias para criarem “não habitações sociais, mas habitações para a classe média”.

Comentários ({{ total }})

Estrangeiros compraram 25% das casas vendidas em 2017

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião