O S9 veio enfrentar o iPhone X. A arma é a imagem

  • Ana Batalha Oliveira
  • 26 Fevereiro 2018

Desde a super câmara lenta à criação de um avatar do utilizador, conheça as novidades da nova versão da gama Samsung Galaxy. "Renovámos completamente a experiência de câmara", garante a marca.

O novo trunfo da Samsung para concorrer com a Apple já não está escondido na manga. O Samsung S9 foi lançado este domingo e veio ao mundo para fazer frente ao iPhone X, representando uma grande aposta da marca sul-coreana na fotografia e no vídeo. Traz novas formas de capturar momentos, com mais qualidade e opção de super câmara lenta — que pode ser acompanhada de banda sonora. Pisca ainda o olho à realidade aumentada: uma versão do utilizador em emoji e a identificação de objetos elevam a interação a um novo nível.

A tecnologia para identificação através da impressão digital e da retina, resistência à água e a poeiras e o carregamento rápido sem fios são funcionalidades que se mantêm. O processador de oito núcleos está à altura das tarefas mais exigentes. O “+” da versão Plus acarreta uma câmara extra, mais 2 GB de memória, mais capacidade da bateria e maiores dimensões. As novidades são comuns a ambas as versões: “Renovámos completamente a experiência de câmara“, anuncia a marca num vídeo promocional. O objetivo? Adaptar-se à forma como “as pessoas comunicam hoje em dia”. Conheça-as a seguir.

A realidade “salta” para dentro do ecrã

Um emoji à sua imagem? Com a tecnologia de realidade aumentada, o S9 puxa os utilizadores para o outro lado do ecrã e cria um emoji que imita expressões e tem as características físicas do utilizador — que foi também uma bandeira da Apple quando lançou o iPhone X. Em formato de vídeo ou de stickers, os avatares podem ser partilhados “através da maior parte das plataformas de mensagens existentes no mercado”, garante a Samsung na nota enviada à imprensa.

Outra aposta da Samsung é o reconhecimento de elementos com os quais nos cruzamos no dia-a-dia: apontando para os objetos, podem obter-se informações sobre aquilo que se está a ver. Para além de identificar características e localizações, consegue também traduzir mensagens escritas pela cidade.

S9 marca o ritmo

Ambos os modelos S9 vêm equipados com uma super câmara… lenta. É capaz de captar até aos 960 frames por segundo. Criar GIFs ou utilizar a repetição em looping também é permitido — ao estilo do Boomerang no Instagram. E pode mesmo fazê-lo sozinha: consegue detetar o movimento e começar a gravar sem ajudas.

Mas o ritmo não é só marcado através da velocidade da imagem: esta pode fazer-se acompanhar com uma música de fundo, entre as 35 sugeridas ou escolhida diretamente da playlist pessoal — para depois partilhar online.

Dia e noite: 24 horas de fotos com qualidade

A câmara que é brilhante no escuro“, é como a Samsung a define. Embora se mantenham os 12 MP na câmara frontal e os 8 MP da câmara das selfies, que já eram apanágio da versão anterior, há mudanças na abertura da lente que permitem adaptar-se automaticamente a ambientes noturnos e a elevada claridade, tal “como o olho humano”. A escala do diafragma oscila entre o 1,5 e os 2,4.

O utilizador entra; o telemóvel “sai da casca”

A Samsung quer que o ecrã ocupe o centro da vida dos utilizadores. Com a ajuda da DeX Pad, o telemóvel pode ligar-se a um ecrã maior e, praticamente, transformar-se num computador.

Mas o equipamento pode ir ainda mais longe — isto é, até à sua casa, sem sair do sítio. A aplicação SmartThings permite controlar os equipamentos Samsung que tem instalados lá em casa, a partir de qualquer parte do mundo. É tecnologia da internet das coisas (IoT) na palma da sua mão.

Os novos membros da família Samsung Galaxy chegam a Portugal a 16 de março, e estarão disponíveis nas cores Preto Meia-Noite, Azul Topázio e uma nova gradação, Rosa Púrpura. Para os mais empolgados, já abriram as pré-encomendas. Os preços começam nos 869,99 euros, no caso do S9, e vão até aos 969,99 euros, no caso da versão Plus. Veja o vídeo promocional completo abaixo:

Comentários ({{ total }})

O S9 veio enfrentar o iPhone X. A arma é a imagem

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião