“Acabou a paródia”, garante Luís Filipe Vieira

  • ECO
  • 10 Março 2018

O presidente do Benfica falou pela primeira vez depois da detenção de Paulo Gonçalves por suspeitas de corrupção. "Acabou a paródia", garante.

“Acabou a paródia instalada neste país à custa do Benfica. A partir de segunda-feira, haverá um gabinete de crise montado para responder aos ataques, venham eles de onde vieram”, afirmou Luís Filipe Vieira, numa conferência de Imprensa-surpresa depois do jogo do Benfica com o Desportivo das Aves, que os encarnados venceram por 2-0. Foram as primeiras declarações públicas de Vieira depois da detenção e posterior libertação de Paulo Gonçalves, diretor jurídico do Benfica, suspeito de corrupção e acesso a informação em segredo de justiça relacionada com o caso dos emails.

“Quero fazer uma pequena comunicação a todos os benfiquistas”, começou por dizer Luís Filipe Vieira, “e dizer a todos que nunca, mas nunca, nunca, tanto eu como a minha direção mancharam a honra ou a dignidade do Sport Lisboa e Benfica. Aquilo que se tem passado nos últimos tempos, e que é sobejamente conhecido, é um ataque sem precedentes em Portugal de que fomos vítimas. Violaram todo o nosso espaço e privacidade, violaram anos e anos de uma empresa com dimensão mundial e infelizmente, até hoje, nada sucedeu e nada sabemos”.

Luís Filipe Vieira fez uma promessa: “Todos os que mancharam o nosso nome têm de ser criminalmente penalizados”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Acabou a paródia”, garante Luís Filipe Vieira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião