Giuseppe Conte encarregado de formar Governo em Itália

  • Lusa
  • 23 Maio 2018

Giuseppe Conte foi encarregado pelo Presidente Sergio Mattarella de formar Governo em Itália, tal como proposto por pelos partidos Liga (nacionalista) e do Movimento 5 Estrelas (antissistema).

O Presidente de Itália, Sergio Mattarella, encarregou Giuseppe Conte de formar Governo, como propuseram os líderes da Liga (nacionalista) e do Movimento 5 Estrelas (antissistema). O anúncio foi feito pela presidência italiana no final de uma reunião de mais de duas horas entre Mattarella e Conte, esta quarta-feira.

O líder do M5S, Luigi di Maio, anunciou na segunda-feira que Giuseppe Conte foi o nome acordado com a Liga para a chefia de um governo de coligação entre ambos os partidos, antissistema e eurocéticos. Conte, de 54 anos, é um jurista universitário, especialista em direito civil e administrativo.

A sua indicação para a chefia do governo foi questionada nos últimos dias por alguns setores, dada a falta de experiência política e, segundo notícias da imprensa italiana, ter referido no currículo a frequência de prestigiadas universidades que alegadamente não frequentou.

Apesar das críticas, o M5S e a Liga confirmaram-no como escolha dos dois partidos para primeiro-ministro. Praticamente desconhecido da opinião pública italiana, Giuseppe Conte não fez declarações públicas desde que foi proposto para o cargo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Giuseppe Conte encarregado de formar Governo em Itália

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião