Vis a vis: O drama prisional de maior sucesso em Espanha

  • ECO + FOX
  • 25 Junho 2018

No dia 28 de junho, às 23h10, estreia na FOX Life a série ‘Vis a Vis’, um dos maiores sucessos da televisão espanhola que foi recuperado pela FOX Networks Group Espanha para mais uma temporada.

Um dos maiores sucessos da televisão espanhola estreia na FOX Life, no próximo dia 28 de junho, às 23h10. A FOX Networks Group Espanha recuperou o drama criminal feminino ‘Vis a Vis’ para mais uma temporada (a terceira) que retoma os eventos das temporadas anteriores com um novo fôlego e com uma força que não deixará ninguém indiferente.

Dos mesmos criadores de ‘La Casa de Papel’, esta série regressa com elenco central das outras duas temporadas, mas num cenário diferente e com novas e impressionantes personagens.

A personagem principal, Macarena Ferreiro interpretada por Maggie Civantos, é uma jovem ingénua que, após apaixonar-se pelo seu chefe, comete vários crimes de manipulação e apropriação indébita de contas na empresa onde trabalha, tendo sido descoberta e acusada por quatro delitos fiscais, sendo depois presa preventivamente na prisão de Cruz del Sur, onde enfrenta uma série de desafios, relações complicadas e, sobretudo, um grande choque emocional.

Nas temporadas anteriores assistiu-se à ascensão de Macarena, como líder da Cruz del Sur. No entanto, tudo muda quando Maca e as suas colegas são transferidas para um novo centro, Cruz del Norte, onde têm de adaptar-se a novas companheiras e a uma nova realidade brutal.

Neste regresso, Maca, Zulema (Najwa Nimri), Rizos (Berta Vázquez) e as restantes reclusas deparam-se com um novo sistema de poder, liderado por Akame (Huichi Chiu), e precisam de lutar para sobreviver num ambiente hostil. Ao mesmo tempo, Mercedes Carrillo (Ruth Díaz), uma antiga Procuradora condenada por corrupção, é usada por Akame como uma peça chave dos seus planos, e é arrastada para uma trama inquietante que deixará qualquer um agarrado ao ecrã.

A série que conta com uma enorme legião de fãs em Espanha tem no seu elenco uma série de nomes como Alba Flores (‘La Casa de Papel’), Berta Vásquez (‘Palmeiras na Neve’), Najwa Nirmri (‘De Olhos Abertos’), Maggie Civantos (‘Rem’), Roberto Enríquez (‘Os Bórgia’) e Adriana Paz (‘007 Spectre’). Depois de uma excelente receção por parte do público, ‘Vis a Vis’ já foi renovada para mais uma temporada.

Este regresso de ‘Vis a Vis’ conta com oito episódios e estreia a 28 de junho, logo após a estreia da terceira temporada de ‘Rainha do Sul’.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Vis a vis: O drama prisional de maior sucesso em Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião