Science4you vende ações a 2,45 euros. Oferta já arrancou

Prospeto da oferta pública inicial da startup portuguesa foi aprovado pelo regulador. A oferta das ações arranca esta quarta-feira, estando a entrada em bolsa prevista para 21 de dezembro.

A Science4You vai vender ações a 2,45 euros, na oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês). O prospeto foi aprovado esta terça-feira pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Na oferta, que arranca esta quarta-feira e irá decorrer até 14 de dezembro, serão vendidos títulos já existentes, mas também novas ações, correspondentes a 44,11% do capital da startup.

A operação dirige-se ao retalho em Portugal e irá incluir a emissão de novas ações da Science4you, mas também títulos dos atuais acionistas. A operação é composta por uma oferta pública de subscrição de até 3.367.346 novas ações, no âmbito do aumento de capital, acompanhado de uma oferta pública de venda de 2.755.102 ações já existentes e alienadas pelos atuais acionistas.

Vendendo os títulos a 2,45 euros, a empresa prevê obter cerca de 8,25 milhões de euros com os novos títulos, sendo que a venda de ações por parte dos atuais acionistas gerará um encaixe de 6,75 milhões de euros. Tendo em conta a avaliação no IPO, a Science4you entrará no mercado de capitais (a 21 de dezembro) avaliada em 34 milhões de euros.

O capital social da emitente é atualmente de 517.296,18 euros, representado por 10.511.083 ações ordinárias. Entre os principais investidores estão o Millennium Fundo de Capitalização, a Portugal Ventures e o Banco Europeu de Investimento. Todos os investidores vão manter-se na estrutura acionista e nenhum vai vender mais de metade das participações atuais.

“No caso de a procura não atingir o número de ações disponíveis, a oferta ficará limitada ao número global das ações visadas pelas ordens recolhidas e devidamente validadas, sendo a mesma eficaz relativamente ao número total de ações objeto dessas ordens, desde que tenham sido recebidas e validadas ordens tendo como objeto, pelo menos, 2.040.817 ações (ações essas reservadas à componente de oferta de venda). Se esta condição não se verificar, a oferta não será eficaz e a liquidação da oferta não terá lugar”, nota o prospeto.

Reforçar posição financeira e investir no e-commerce são os objetivos

Não existe montante mínimo para a subscrição por investidor e o máximo é de 816.326 ações, correspondente a um investimento de 1.999.998,70 euros. Caso as ordens excedam o número de ações objeto da Oferta, as ações serão objeto de rateio pelos investidores que manifestaram a intenção de subscrever ações.

O encaixe financeiro líquido para a startup será de 7,612 milhões de euros, enquanto a receita líquida estimada para os acionistas é de 6,56 milhões de euros, assumindo a subscrição integral do aumento de capital. A Science4you adianta que os custos associados à operação serão de 828 mil euros.

“Tendo em consideração o aumento de capital previsto, bem como o objetivo do mesmo de reduzir o endividamento da sociedade, reforçar a sua situação financeira e aumentar a sua flexibilidade para futuros investimentos, a sociedade não prevê pagar dividendos referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2018”, refere o prospeto.

Criada em 2008, a Science4you conta atualmente com uma linha de mais de 500 brinquedos científicos e educativos. No ano passado, atingiu um volume de vendas consolidadas superior a 20 milhões de euros, dos quais 40% referentes às exportações para mais de 60 países. O encaixe financeiro será usado para investir no comércio digital.

“O aumento de capital visa a obtenção de fundos para financiamento da estratégia de negócio da emitente, através do reforço do seu capital social, financiamento da sua atividade geral e de investimentos futuros, nomeadamente tendo em vista a prossecução do processo de internacionalização e um modelo de negócio focado no e-commerce“, afirma.

“Adicionalmente, a oferta contribui igualmente para reforçar a visibilidade e credibilidade da sociedade e dos seus ativos no mercado em geral e, em particular, junto dos seus clientes, fornecedores e parceiros nos mercados nacional e internacional, alargar a sua base acionista e facilitar futuros aumentos de capital que sejam necessários ao desenvolvimento da sua atividade”, acrescenta.

O preço das ações foi definido com base numa análise dos auditores Mazar. O Banco Best, o Banco Carregosa, e a Caixa Económica Montepio Geral são os bancos membros do sindicato de colocação.

(Notícia atualizada às 19h03 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Science4you vende ações a 2,45 euros. Oferta já arrancou

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião