Vila Galé investe oito milhões e reforça presença no Douro

O grupo hoteleiro inaugurou o seu segundo hotel no Douro. Para além do Vila Galé Douro Vineyards, o investimento de oito milhões, traz também uma nova marca de vinhos e azeite para o grupo.

O Grupo Vila Galé inaugurou mais um hotel no Douro vinhateiro. O Vila Galé Douro Vineyards, em Armamar, implicou um investimento de oito milhões de euros que o grupo fez em agroturismo. Com a abertura do hotel, o grupo lança também uma nova marca, Val Moreira focada na produção de vinhos do Porto e do Douro, mas também de azeite.

O hotel abriu oficialmente esta terça-feira com sete quartos, de diferentes tipologias, disponíveis. Em junho avança a segunda fase do projeto, que prevê mais 42 quartos e cinco milhões de euros de investimento. Estima-se que a construção esteja terminada no prazo de um ano.

O Vila Galé Douro Vineyards, que permitiu a criação de 20 postos de trabalho, dispõe ainda de um restaurante, bar com vista panorâmica, terraço, adega, biblioteca e piscina exterior. Os preços variam entre 130 e 300 euros.

Em soft opening desde o início do mês, recebeu neste período mais de 50 reservas, tendo estado com os sete quartos reservados no período da Páscoa. A intenção do grupo Vila Galé é atrair consumidores dos mercados brasileiro e americano, que são já os principais mercados a procurar o hotel do grupo em Lamego, mas também muitos portugueses. “A percentagem é entre 60% portugueses e 40% estrangeiros” contou Gonçalo Rebelo de Almeida, administrador do grupo Vila Galé, à imprensa.

A abertura do Vila Galé Douro Vineyards acontece cerca de um mês antes da inauguração do Vila Galé Collection Elvas. O hotel, que o grupo criou no antigo Convento de São Paulo, concessionado no âmbito do projeto Revive, abre portas a 31 de maio.

Na Serra da Estrela, em Manteigas, espera-se que o Vila Galé abra as portas no primeiro semestre de 2020. Já Hotel Vila Galé Alter Real, que resulta da concessão da Coudelaria de Alter também ao abrigo do Programa Revive, não tem abertura prevista.

Vila Galé lança nova marca de vinhos e azeites

Com a abertura do Vila Galé Douro Vineyards surge também a Val Moreira, marca focada na produção de vinhos do Porto e do Douro, nos 25 hectares de vinha da propriedade, mas também de azeite. A quinta tem capacidade para produzir cerca de 100 mil garrafas de vinho, mas há intenção de aumentar este volume de produção. O resultado da campanha de 2018 deverá chegar ao mercado apenas no próximo ano.

Uma estadia no Vila Galé Douro Vineyards permite usufruir de provas de vinhos e visitas à adega e provas de vinhos. Esta oferta é complementada no restaurante a carta é composta por gastronomia da região.

Para além da vinha, a propriedade possui dois hectares de olival e 2,5 hectares de amendoal.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Vila Galé investe oito milhões e reforça presença no Douro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião