Costa ataca PSD e diz que política não se faz de helicóptero ou a criar perfis falsos

  • Lusa
  • 15 Maio 2019

António Costa critica a campanha do PSD, atacando a decisão de sobrevoar as zonas ardidas nos incêndios. Mostra-se também contra os perfis falsos nas redes sociais.

O secretário-geral do PS insurgiu-se esta terça-feira contra quem faz política de helicóptero para as televisões e não com os pés no chão, e contra a “sujeira” da criação de perfis falsos na internet para denegrir adversários.

António Costa fez estas referências críticas dirigidas ao PSD no encerramento de um comício do PS na Escola de Hotelaria de Faro, depois de intervenções proferidas pelo líder federativo do Algarve, Luís Graça, do secretário de Estado José Apolinário e do cabeça de lista europeu dos socialistas, Pedro Marques.

Num discurso muito aplaudido pelos militantes e simpatizantes socialistas, o líder do PS referiu-se primeiro à ação de campanha do cabeça de lista europeu dos sociais-democratas, Paulo Rangel, que esta terça-feira, de manhã, sobrevoou de helicóptero parte da zona de pinhal do interior dos direitos de Coimbra e de Leiria.

“Pedro Marques sabe que a vida política não se faz a andar de helicóptero, mas com os pés no chão, cara a cara com as pessoas. A vida política não é um espetáculo para as televisões, não são frases engraçadinhas“, disse.

Mas António Costa também se pronunciou sobre a situação de um responsável social-democrata de Lisboa, que entretanto se demitiu, ter estado eventualmente envolvido num caso de criação de perfis falsos na internet para ataque a adversários socialistas.

“Não são campanhas sujas e negras que se vão construindo nas redes sociais, alimentando perfis falsos para atacar e denegrir os adversários. Isso não é política, isso é sujeira, isso não é digno da democracia“, afirmou.

Comentários ({{ total }})

Costa ataca PSD e diz que política não se faz de helicóptero ou a criar perfis falsos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião