BRANDS' ECO Labour2030: maior discussão mundial sobre trabalho volta ao Porto

  • BRANDS' ECO
  • 24 Julho 2019

Trinta países, cinco continentes e 500 participantes. A maior discussão mundial sobre trabalho volta à Alfândega do Porto, nos dias 19 e 20 de setembro.

O futuro do trabalho chegou. Estamos preparados?

O Porto volta a acolher a maior discussão mundial sobre o futuro do trabalho e das relações laborais, nos dias 19 e 20 de setembro, na Alfândega do Porto. O Labour2030 vai proporcionar a reunião dos maiores especialistas mundiais, com experiências nas mais variadas geografias, na procura das melhores soluções para o futuro do trabalho, numa aliança estreita entre as realidades académica e científica. Com a chancela de parceiros como a OIT – Organização Internacional do Trabalho e a ACT – Autoridade para as Condições de Trabalho, o evento terá a representação de cerca de 30 países, cinco continentes, mais de 150 oradores e 500 participantes.

Temas como os impactos da robótica, inteligência artificial e novas tecnologias no contexto de trabalho deixaram de estar integrados num contexto de futuro para passarem a fazer parte do quotidiano. O trabalho no âmbito de empreendedorismo tecnológico e startups, as novas profissões e necessidades empresariais, o impacto das relações industriais e meio ambiente serão também alvo de debate. No plano empresarial e de gestão, o congresso também vai ser palco para apresentação dos produtos disponíveis ou em desenvolvimento para suporte e otimização das relações laborais e da gestão recursos humanos, case studies de sucesso em experiências ou tendências inovadoras ou as competências dos trabalhadores para o mercado de trabalho da indústria 4.0.

“Este congresso tornou-se incontornável para se falar abertamente do que a todos preocupa. Não que haja falta de debate interno sobre o mercado de trabalho, mas há sem dúvida, uma politização do debate que transforma a discussão numa verdadeira guerra que opõe entidades empregadoras e trabalhadores que maioritariamente gera ruído e não soluções ou concertação. Quando olhamos além-fronteiras e observamos organizações sindicais e de empregadores altamente qualificadas, verdadeiramente representativas, que produzem efetivo trabalho em prol dos seus representados e dos seus países, percebemos o porquê de internamente a discussão redutora ou estéril e, no final do dia, pouco contribuir com verdadeiras soluções”, adianta Eduardo Castro Marques, da Law Academy.

O Labour2030 é organizado pela Law Academy, em parceira com a CIELO – Comunidad para la Investigación y el Estudio Laboral y Ocupacional, a AJJ – Associação de Jovens Juslaboralistas, a Cerejeira Namora, Marinho Falcão, e com o apoio institucional, entre outros, da OIT – Organização Internacional de Trabalho, ACT – Autoridade para as Condições de Trabalho, APODIT – Associação Portuguesa de Direito do Trabalho, IPOJUR – Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas em Ciências Políticas e Jurídicas.

Comentários ({{ total }})

Labour2030: maior discussão mundial sobre trabalho volta ao Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião