Trabalhador da fábrica da Autoeuropa diagnosticado com Covid-19

  • ECO
  • 11 Maio 2020

Um trabalhador da Volkswagen Group Services, empresa inserida no recinto da Autoeuropa, foi diagnosticado com o novo coronavírus.

Um trabalhador da fábrica da Autoeuropa testou positivo para o novo coronavírus, avançou o Diário de Notícias e confirmou o ECO junto de fonte oficial da empresa. Trata-se de um colaborador da Volkswagen Group Services, uma empresa inserida no recinto da fábrica automóvel de Palmela e que presta serviços à Autoeuropa, sendo o primeiro caso conhecido de Covid-19 neste pólo industrial.

Numa nota interna, enviada pela Autoeuropa aos colaboradores e a que o ECO teve acesso, é referido que “na sequência de um rastreio efetuado no dia 9 de maio numa unidade hospitalar no concelho de Sintra”, a empresa foi informada este domingo de que “um colaborador da Volkswagen Group Services que se encontra ao serviço” nas instalações da Autoeuropa “testou positivo” para Covid-19.

“A cadeia de contágio não ocorreu na fábrica e de acordo com as orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde, o paciente é considerado de baixo risco”, sublinha a mesma nota.

A cadeia de contágio não ocorreu na fábrica e de acordo com as orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde, o paciente é considerado de baixo risco.

Volkswagen Autoeuropa

De acordo com a mesma nota interna, o trabalhador esteve presente nas instalações da fábrica de Palmela nos dias 5 e 6 de maio, sem apresentar “quaisquer sintomas de infeção”. “Durante a sua permanência na fábrica, o colaborador respeitou todas as indicações de segurança previstas no nosso plano de contingência, facto que reforça a condição de baixo risco para uma eventual transmissão”, acrescenta.

Na sequência do diagnóstico, “todos os que estiveram em contacto com o colaborador foram contactados pelo departamento médico da empresa, tendo sido informados dos procedimentos a seguir, bem como para permanecerem em casa”. “Serão efetuados testes de rastreio a todos estes colaboradores”, garante a empresa.

A administração da Autoeuropa tomou a decisão de encerrar a fábrica em março, numa altura em que a pandemia começava a ganhar terreno em Portugal. A empresa avançou para lay-off a 20 de abril, tendo retomado a atividade no dia 27 de abril.

(Notícia atualizada pela última vez às 17h13)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trabalhador da fábrica da Autoeuropa diagnosticado com Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião