La Paz e Fundação Jiménez Díaz são os hospitais em Espanha mais eficientes contra Covid-19

  • Servimedia
  • 19 Maio 2020

É o resultado do Estudo de Perceção Social de Liderança na luta contra o Covid-19 da Ipsos Digital.

O Hospital Universitário La Paz e a Fundação Jiménez Díaz, em Madrid, são os dois hospitais em Espanha mais eficientes na atual pandemia, de acordo com o Estudo de Perceção Social de Liderança na luta contra o Covid-19, da Ipsos Digital.

Os entrevistados tiveram que assinalar três de uma lista de dez centros de saúde de referência e o Hospital la Paz acumula 51% de menções favoráveis pela sua eficiência na gestão da pandemia. A Fundação Jiménez Díaz foi assinalada por 42% dos inquiridos.

Em ordem de preferência na perceção da eficiência demonstrada nesta crise de saúde, a lista é concluída com o Hospital 12 de Octubre, em Madrid, 38%; o Hospital Vall d’Hebron, em Barcelona, 30%; Hospital La Fe de Valencia, 25%; o Hospital Clínic de Barcelona e a Virgen del Rocío, em Sevilha, com 23%; a clínica de Madrid San Carlos, 20%; o Hospital Universitário Cruces de Bilbao, 17%, e o Hospital GregorioMarañón, que fecha o ranking com 15% das respostas.

A avaliação média de como a pandemia da Covid-19 foi gerida do ponto de vista hospitalar recebe uma pontuação de 7,3 em 10, de acordo com os dados da pesquisa da Ipsos.

Perceção geral

A perceção geral de como os hospitais de referência têm funcionado é bastante positiva e 71% dos inquiridos atribuem uma pontuação entre 7 e 10, e apenas 11% abaixo de 5.

Pelo contrário, a gestão da saúde do governo recebe uma avaliação mais negativa: 4,8 pontos em 10. 22% dos entrevistados pontuam com 1 e apenas 4% dão a pontuação máxima nesta pesquisa.

A pesquisa também questiona qual o líder político que se destaca por uma melhor gestão da saúde na crise. Pedro Sánchez monopoliza 33% das respostas favoráveis, seguido por Isabel Díaz Ayuso, 17%; Salvador Illa, 16%, e Alberto Núñez Feijóo, 15%. Eles são seguidos por Juan Manuel Moreno, 10%; Quim Torra, 8%, e Ximo Puig e Iñigo Urkullu fecham a lista com 7% cada.

A pesquisa Ipsos Digital foi realizada na segunda semana de maio, com uma amostra de 1.000 entrevistados, dos quais 68% tinham entre 35 e 65 anos e os restantes 32% entre 18 e 34 anos, com a mesma percentagem entre mulheres e homens, e uma distribuição territorial proporcional à população.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

La Paz e Fundação Jiménez Díaz são os hospitais em Espanha mais eficientes contra Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião