EUA dá luz verde a empresas norte-americanas para desenvolverem o 5G com tecnologia Huawei

  • Servimedia
  • 17 Junho 2020

As restrições impostas pela administração de Donald Trump às empresas norte-americanas de trabalharem com a empresa chinesa no desenvolvimento do 5G deverão ser atenuadas.

Os Estados Unidos da América recuaram nas restrições impostas às empresas que fazem negócios com a Huawei e o Departamento do Comércio abriu caminho para que estas possam trabalhar com tecnologia chinesa no desenvolvimento das redes 5G.

O objetivo da administração de Trump é permitir às grandes tecnológicas sediadas nos EUA colaborar com a Huawei para estabelecer padrões no desenvolvimento de redes 5G. Esta alteração terá ainda de ser aprovada pelo Registo Federal dos EUA.

O secretário do Comércio norte-americano, Wilbur Ross, confirmou numa declaração que “os EUA não renunciarão à liderança na inovação global. Esta ação reconhece a importância de aproveitar o engenho norte-americano para avançar e proteger a nossa segurança económica e nacional.”

E continua: “O Departamento está empenhado em proteger os interesses da segurança nacional e da política externa dos EUA, encorajando a indústria norte-americana a empenhar-se plenamente e a defender que as tecnologias exclusivas se tornem normas internacionais”.

O secretário do Comércio quer assegurar a capacidade da indústria norte-americana para contribuir para as atividades de desenvolvimento de normas no setor das telecomunicações. As normas internacionais servem o desenvolvimento tecnológico, permitindo a funcionalidade, a interoperabilidade e a segurança. A participação e a liderança dos EUA no estabelecimento de normas está a influenciar o futuro do 5G em veículos autónomos, inteligência artificial e outras tecnologias de ponta.

Até agora, a Huawei não podia utilizar a sua tecnologia 5G ou colaborar com outras empresas sediadas nos EUA por receio de uma possível espionagem. Na sequência desta divulgação pelo Departamento do Comércio dos EUA, as restrições impostas às empresas norte-americanas de trabalharem com a Huawei no desenvolvimento de redes 5G serão atenuadas.

A Huawei, a empresa com a maior tecnologia e infra-estrutura 5G a nível mundial, não podia até agora colaborar com outras tecnológicas de peso como o Google.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EUA dá luz verde a empresas norte-americanas para desenvolverem o 5G com tecnologia Huawei

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião