Há 375 novos casos de Covid-19. 76,8% na região de Lisboa e Vale do Tejo

As autoridades de saúde identificaram 375 novos casos de infeção pelo novo coronavírus no país, que contabiliza 47.426 casos. Morreram oito pessoas devido ao Covid-19 no último dia.

Portugal registou 375 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. É uma subida de 0,8% face ao dia anterior, com o total de pessoas infetadas a aumentar para 47.426. Morreram mais oito pessoas devido ao Covid-19, elevando para 1.676 o número total de vítimas mortais, de acordo com o último balanço oficial da Direção-Geral de Saúde (DGS).

No seguimento do que se tem observado ao longo das últimas semanas, a maioria das novas infeções foram na região de Lisboa e Vale do Tejo. Foram identificados 288 novos casos nesta região, o número mais elevado desde 10 de julho, e que representa 76,8% do total identificado a nível nacional nas últimas 24 horas.

O balanço divulgado esta quarta-feira dá ainda conta de que o número de doentes internados aumentou em seis, para 478, sendo que 68 estão em unidades de cuidados intensivos (menos um). Jamila Madeira, secretária de Estado Adjunta e da Saúde, adiantou em conferência de imprensa que 96,5% das pessoas infetadas encontram-se a recuperar em casa e que a taxa de letalidade global é de 3,5%, enquanto na faixa etária a partir de 70 anos de idade é de 16,1%.

A nível regional, em termos absolutos, a região de Lisboa e Vale do Tejo mantém a liderança em termos do número de infetados com 23.296 casos confirmados e 550 mortes, seguida da região Norte (com 18.215 casos e 826 mortes) e da região Centro (4.319 casos e 251 mortes). Segue-se o Algarve (750 casos e 15 mortes) e o Alentejo (596 casos e 19 mortes). Nas ilhas, os Açores registam 151 casos e 15 falecimentos, enquanto a Madeira teve 99 pessoas infetadas até agora.

Desde 1 de janeiro, as autoridades de saúde já registaram 411.293 casos suspeitos de Covid-19, sendo que 362.317 casos não se confirmaram. Os dados revelados esta quarta-feira mostram ainda que 32.110 pessoas já recuperaram do Covid-19 em Portugal. Só nas últimas 24 horas, houve 560 recuperações da doença.

Entretanto, um total de 1.550 pessoas aguardam resultados laboratoriais e 35.316 pessoas estão sob vigilância das autoridades de saúde, por terem estado em contacto com pessoas infetadas.

Dados por concelho divulgados à segunda-feira

A secretária de Estado Adjunta e da Saúde adiantou esta quarta-feira que o reporte dos casos de contágio desagregados por concelhos do país passará a ser divulgado apenas à segunda-feira.

Jamila Madeira esclarece que a opção por essa metodologia decorre da necessidade de serem implementadas melhorias no reporte a nível informático com vista a que este para que “seja o mais fino possível”. “Até lá o reporte será semanal, mas em nenhum momento colocará em causa a atuação no terreno“, fez questão de esclarecer a responsável a este propósito.

Questionada sobre a implementação de aplicações que permitam fazer o rastreio de contágios por Covid-19, a secretária de Estado adianta que, relativamente à aplicação STAYAWAY COVID se encontra numa “fase de afinar” de acordo com as recomendações da Comissão Nacional de Proteção de Dados com vista a uma futura utilização.

“Neste momento está a ser desenvolvido um trabalho de pormenor entre a entidade promotora do projeto e as autoridades de saúde no sentido da adequada regulamentação de todo o procedimento. Esperamos que o resultado deste trabalho seja muito em breve e o que está previsto é que se inicie com uma fase piloto e depois se estenda de uma maneira generalizada“, esclareceu Jamila Madeira.

Mais de 8 milhões de consultas não presenciais já feitas

A secretária de Estado destacou o papel do digital no âmbito do apoio à saúde dos cidadãos nacionais durante a pandemia. Nomeadamente, revelou que desde o inicio do ano foram realizadas à distância mais de 8 milhões de consultas não presenciais, o que significa um aumento de 65% em relação ao total do ano anterior.

Já a linha SNS 24 deu resposta desde o inicio do ano a um total de 1.383.812 chamadas, com Jamila Madeira a referir ainda que a plataforma de TraceCovid , desde a sua implementação a 26 de março, “contou com o registo de cerca de 75 mil profissionais, 603 utentes inseridos contribuindo para 1.437.097 vigilâncias realizadas por telefone”.

“Em média, tem-se registado cinco mil utilizadores ativos por dia, sendo que ocorrem picos de utilização diária de cerca de 500 a mil utilizadores em simultâneo”, disse ainda, esclarecendo que “por detrás destes números estão opões claras de aposta neste paradigma que a pandemia potenciou com investimentos sem precedentes em meios tecnológicos que em muito nos são úteis.

Desde o início do ano foram ainda distribuídos 833 kits de telesaúde pelas unidades de saúde a nível nacional.

(Notícia atualizada pela última vez às 14h48)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há 375 novos casos de Covid-19. 76,8% na região de Lisboa e Vale do Tejo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião