Primeiro-ministro e presidente da câmara de Lisboa na comissão de honra de Luís Filipe Vieira

  • ECO
  • 12 Setembro 2020

O primeiro-ministro e o presidente da câmara de Lisboa vão apoiar a recandidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica, constando da sua comissão de honra.

O primeiro-ministro, António Costa, e o presidente da câmara municipal de Lisboa, Fernando Medina, fazem parte da comissão de honra da recandidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica. Ambos dizem estar como apoiantes do atual presidente do clube enquanto adeptos e sócios do Benfica. Ao todo, são mais de 500 nomes na comissão de honra que também incluem outros políticos, de acordo com o Expresso deste sábado.

O gabinete de António Costa argumenta que está na comissão de honra “não como primeiro-ministro ou secretário-geral do PS, mas como adepto e sócio do Benfica desde 1988”. O primeiro-ministro já tinha apoiado recandidaturas de Vieira em 2012, quando estava no lugar agora ocupado por Medina, e em 2016, quando era primeiro-ministro. O atual presidente da câmara de Lisboa deu o mesmo argumento.

Luís Filipe Vieira, que é presidente do Benfica desde 2003, conta ainda com o apoio o ex-ministro da Administração Interna, Rui Pereira, do deputado do PSD, Duarte Pacheco, do deputado do CDS, Telmo Correia, do presidente da câmara municipal do Seixal, Joaquim Santos, e do presidente da CIP, António Saraiva, segundo o semanário. Recorde-se que nos últimos anos o presidente do Benfica tem sido envolvido em vários processos judiciais, sendo arguido na Operação Lex.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Primeiro-ministro e presidente da câmara de Lisboa na comissão de honra de Luís Filipe Vieira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião