BRANDS' ECO Crédito Habitação Green: gosta da ideia?

  • BRANDS' ECO
  • 14 Outubro 2020

Imagine que quer comprar uma casa com elevada classificação energética e ter acesso a condições especiais de financiamento. Não precisa de imaginar, já é uma realidade que a UCI tem à sua disposição.

O crédito habitação não tem de ser todo igual. Diferentes necessidades merecem diferentes tipos de resposta e por isso a UCI, especialista em soluções de crédito habitação, já disponibiliza aos seus clientes um leque variado de soluções simples com taxas fixas, mistas e varáveis, e que se adequam a diferentes clientes. Mas não se fica por aqui, sendo a sustentabilidade um dos compromissos UCI, ter uma solução que valoriza a modernização das casas, reduzindo o seu impacto no meio ambiente, tornou-se a forma ideal de tornar o crédito habitação também num agente de mudança.

Mas em que consiste exatamente o crédito habitação green? É muito simples: este tipo de crédito habitação foca-se na aquisição de casas com classificação energética A e B, dando aos compradores condições especiais de financiamento na UCI. Por outro lado, mesmo que a casa que se pretende comprar não tenha essa classificação, com a realização de obras que melhorem a eficiência energética em 30%, também é possível aceder a condições especiais de financiamento para aquisição e realização de obras.

Estas soluções de crédito habitação pioneiras no mercado português, implementadas na sequência da adesão da UCI ao Energy Efficient Mortgages Initiative (EEMI) da European Mortgage Federation, são a parte mais visível de uma política de sustentabilidade mais alargada da empresa, e que passa por um compromisso com o desenvolvimento de soluções de crédito habitação mais sustentáveis e a concretização de nove dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, entre os quais a promoção da Ação Climática, das Cidades e Comunidades Sustentáveis e da Produção e Consumo Sustentáveis.

Este ano tinha já havido um outro ponto alto para a UCI em matéria de sustentabilidade: a RMBS Green Belém 1, a primeira emissão de títulos verdes em Portugal, que ascendeu a um montante de 385 milhões de euros, uma operação que mereceu das agências de rating DBRS Ratings e Fitch Ratings o nível máximo possível em Portugal (AA high e AA, respetivamente) para este tipo de operações.

A estratégia UCI nesta área passa também por repensar os comportamentos internos, criando uma cultura ecológica entre os colaboradores, com a implementação de medidas que contribuam para a eliminação do plástico e a redução do consumo energético e de papel e na emissão de CO2, que se traduziu na obtenção este ano do Certificado de Ambiente ISO 14001 e na adesão ao Compromisso Lisboa Capital Verde Europeia 2020, iniciativa que propõe mudar comportamentos na próxima década, de acordo com o mote “ESCOLHE EVOLUIR: 2030 medidas para 2030”.

À oferta de soluções de crédito habitação green para os seus clientes, a UCI junta uma postura focada na sustentabilidade. Assim, não são só as soluções que são green, toda a atitude UCI também o é. Gosta da ideia?

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Crédito Habitação Green: gosta da ideia?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião