Sessão volátil em Wall Street termina em terreno negativo

Além da negociação dos estímulos, também segue a época de resultados. As ações da Netflix afundaram 6,92% após a empresa ter falhado as expectativas de crescimento do número de subscritores.

Ainda não há acordo nos EUA para a aprovação de um novo pacote de estímulos orçamentais e Wall Street ficou desagradado pela espera. Após um arranque de sessão acima da linha de água, as principais bolsas norte-americanas acabaram por inverter a tendência e fechar a sessão em terreno negativo.

Mark Meadows, chefe de gabinete da Casa Branca, afirmou que apesar das diferenças entre a Casa Branca e os democratas do Congresso, o presidente Donald Trump está “disposto” a trabalhar por um acordo. As negociações estão a decorrer entre o secretário de Estado do Tesouro, Steven Mnuchin, e a porta-voz da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi.

Ainda na incerteza sobre o pacote de estímulos orçamentais, as principais praças norte-americanas desvalorizaram. O industrial Dow Jones recuou 0,35% para 28.210,03 pontos, enquanto o financeiro S&P 500 perdeu 0,23% para 3.435,35 pontos e o tecnológico Nasdaq desvalorizou 0,28% para 11.484,69 pontos.

No plano empresarial, as ações da Netflix afundaram 6,92% para 489,05 dólares depois de ter falhado as expectativas do mercado no que diz respeito ao crescimento do número de subscritores perante o aumento da competição no streaming e com o regresso do desporto às televisões.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Sessão volátil em Wall Street termina em terreno negativo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião