MyInvestor lidera top 5 dos neobancos em Espanha

  • Europa Press
  • 17 Dezembro 2020

O ranking resulta da análise realizada pelo Instituto Coordenadas de Gobernanza y Economía Aplicada às fintech, plataformas tecnológicas no campo financeiro.

O Instituto Coordenadas de Gobernanza y Economía Aplicada explica que as fintech estão em plena expansão e estima-se que mais de 300 operem em Espanha, com uma variedade cada vez maior de serviços, que incluem propostas para gerir finanças familiares, comparar hipotecas e todos os tipos de produtos financeiros, serviços de pagamento, financiamento, simuladores de investimento, aconselhamento financeiro, negociação com criptomoedas, compensação de faturas, câmbio de moeda, gestão de ativos, investimento, gestão fiscal e contabilística, entre outros.

A organização reuniu um grupo de peritos para analisar este campo específico do universo digital e uma das suas principais conclusões é que os neobancos são a categoria que mais cresce dentro das fintech e é a que tem mais opções de desenvolvimento dentro do setor financeiro, intensamente alimentada pela transformação digital forçada como consequência dos confinamentos.

“Os neobancos, ao contrário da banca tradicional, têm uma operação exclusivamente digital, acessível em qualquer altura e local, e permitem ao utilizador ativo no setor financeiro ter acesso de forma flexível, transparente e com um custo mínimo a uma vasta gama de serviços e produtos financeiros, investimento e poupança”, salientam os analistas.

Os analistas do Instituto estimam que a tendência de crescimento dos neobancos é imparável. “É o modelo ideal num mundo virtual onde um cliente nativo digital é aquele que exige que opções de negócio financeiro se ajustem às suas necessidades. A resposta das plataformas neobancárias a esta exigência tem sido igualmente ótima”, acrescentam.

Os analistas responsáveis pelo estudo indicam que a gestão de dados, um dos elementos básicos de qualquer estratégia empresarial no ambiente digital, tem sido utilizada de forma muito eficiente pelos neobancos que operam em Espanha. A sua prioridade tem sido conhecer o cliente, capturar e analisar os seus dados “de uma forma escrupulosa com a proteção de dados, para lhes oferecer a melhor experiência nas suas operações financeiras. A personalização do serviço é o objetivo dos neobancos de alcançar um modelo de prestação de serviços financeiros de eficiência máxima e custo mínimo”, diz este relatório.

Como parte do estudo, o Instituto analisou a evolução dos principais operadores e elaborou um top 5 para o setor, o qual é liderado pelo MyInvestor. O neobanco, propriedade do Andbank, El Corte Inglés Seguros e da companhia de seguros Axa, está prestes a encerrar o ano com um volume de negócios de mais de 660 milhões de euros, longe do seu seguidor imediato, Indexa. Nas posições seguintes encontram-se N26, Bnext e Orange Bank.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

MyInvestor lidera top 5 dos neobancos em Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião