Pandemia arrasou turismo na Zona Euro. Preços dos voos e estadias em saldos

Preços dos serviços relacionadas com viagens caíram em todos os Estados-membros da Zona Euro, fortemente penalizados pela descida das tarifas do transporte aéreo.

Os preços dos voos, das estadias e dos pacotes para férias caíram em toda a Zona Euro com a pandemia, o que contribuiu para uma descida dos preços de todos os serviços em geral. Este indicador tocou mesmo mínimos de sempre em outubro do ano passado, refere o Boletim Económico do Banco Central Europeu (BCE). Mas será que esta tendência foi comum em todos os Estados-membros?

A principal causa para a descida dos preços dos serviços em 2020 foi a redução dos preços das viagens. Seja pelos preços dos pacotes de férias, dos alojamentos e até dos voos. Os dados do BCE mostram que a queda nos preços do transporte aéreo foi, contudo, a que mais contribuiu para a queda dos serviços em geral, com um peso de cerca de 45%. Atrás aparece a queda nos preços dos alojamentos e depois a registada nos pacotes de férias.

“Normalmente, os serviços relacionados com viagens apresentam uma alta sazonalidade, atingindo um pico de preço durante os meses de verão. Contudo, em 2020, os níveis de preço dos serviços de alojamento e transporte aéreo de passageiros (face a janeiro) mantiveram-se, desde o verão, abaixo dos níveis médios relativos os anos anteriores e substancialmente inferiores aos níveis de preços observados em 2019“, refere o BCE.

 

Influenciadores dos preços dos serviços relacionados com as viagens. | Fonte: BCEBCE

Além disso, continua a instituição, “o forte impacto sazonal ascendente sobre os preços do transporte aéreo de passageiros, que geralmente ocorre nos meses de verão, foi mais discreto no verão de 2020. Em conjunto, isso implica que o nível de preços dos serviços de alojamento e transporte aéreo de passageiros tenha sido menor desde o início da pandemia“.

Os dados do BCE mostram que todos os Estados-membros assistiram a uma descida dos preços dos serviços relacionados com viagens, quando comparado com os níveis pré-pandemia. No entanto, notam-se algumas diferenças.

De um modo geral, os países que normalmente são exportadores de serviços de viagens apresentaram as maiores quedas nos preços dos serviços relacionados com viagens quando comparado com fevereiro de 2020. E o serviço que mais contribuiu para a queda acentuada dos preços dos serviços relacionados com viagens foi mesmo o do transporte aéreo de passageiros.

Olhando para os dados de Portugal, é possível confirmar esta tendência: os preços do transporte aéreo tiveram o maior peso, seguido dos serviços de alojamento e dos pacotes de férias.

Evolução dos preços dos serviços relacionados com viagens nos Estados-membros da Zona Euro. | Fonte: BCEBCE

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pandemia arrasou turismo na Zona Euro. Preços dos voos e estadias em saldos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião