Novo presidente executivo da EDP Brasil assume cargo e quer aumentar peso do solar

  • Lusa
  • 22 Fevereiro 2021

João Marques da Cruz tem, entre as suas prioridades, o aumento do peso da energia solar na geração da companhia, em resposta à transição energética.

O novo presidente executivo (CEO) da EDP Brasil, João Marques da Cruz, assumiu esta segunda-feira o cargo, tendo entre as suas prioridades o aumento do peso da energia solar na geração da companhia, segundo uma nota interna.

Na mensagem aos colaboradores, a que a Lusa teve acesso, o gestor enumerou uma série de prioridades para o seu mandato.

Para a área da geração, João Marques da Cruz pretende “transformar o portfólio atual para uma maior relevância do solar (descentralizado e ‘utility scale’), respondendo à transição energética”, lê-se na nota.

O gestor promete ainda aos investidores “entregar o plano de negócios e cumprir com a política de dividendos, sendo eficaz na comunicação da estratégia de criação de valor e crescimento”, assim como “fazer do cliente o foco de atuação através de uma proposta de valor que responda às reais necessidades do consumidor”.

Na área da distribuição, o novo CEO da companhia quer entregar “um serviço de qualidade”, gerindo “a agenda regulatória”.

Para João Marques da Cruz, é ainda importante a expansão, “concretizando oportunidades no mercado primário e secundário”, através da rotação de ativos, “de forma a cristalizar valor”, escreveu.

“Fui eleito presidente da EDP Brasil e assumi o desafio de liderar a companhia diante dos próximos passos dessa eficiente jornada, dando continuidade a esta bem-sucedida história. É com muita energia e, também, satisfação e orgulho que inicio esse novo capítulo da minha carreira”, adiantou.

O gestor recordou a sua carreira “marcada pela participação como Conselheiro da EDP Brasil desde 2014”, que lhe “permitiu acompanhar a evolução e o crescimento da empresa e do setor elétrico brasileiro nestes anos”.

“Temos vivido um momento de transformação, em que o setor elétrico, em todo o mundo, encontra-se em grande mudança, com novas formas de produção de energia e liberalização de fontes alternativas de geração. Este movimento tem provocado um significativo processo rumo à transição energética”, referiu.

Por isso, defendeu, a EDP Brasil deve preparar-se de forma a manter “a evolução do crescimento e a entrega de resultados consistentes”.

Antes de assumir cargos no grupo EDP, em 2007, João Marques da Cruz distinguiu-se no setor dos transportes, tendo passado pela TAP, CP, EMEF, entre outras, segundo a sua nota biográfica, no site da EDP Brasil.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo presidente executivo da EDP Brasil assume cargo e quer aumentar peso do solar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião