Lucro da Novabase cai 63% em 2020 para 7,5 milhões

  • Lusa
  • 25 Fevereiro 2021

O volume de negócios aumentou 10% para 125 milhões de euros, com o segmento das tecnologias de nova geração (Next-Gen) a representar 73%.

O resultado líquido da Novabase caiu 63,3% no ano passado, face a 2019, para 7,5 milhões de euros, anunciou esta quinta-feira a empresa tecnológica portuguesa.

Em comunicado, enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Novabase adianta que o volume de negócios aumentou 10% no período em análise para 125 milhões de euros, com o segmento das tecnologias de nova geração (Next-Gen) a representar 73%.

Relativamente ao peso do mercado nacional no volume de negócios, a tecnológica adianta que no ano passado foi de 44,8%, contra 42,8% um ano antes.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) atingiu 11,8 milhões de euros, “alavancado com pelo forte contributo do Next-Gen”, o que representa um aumento de 26,5%.

O presidente executivo da Novabase, João Nuno Bento, anunciou que, “devido à incerteza” económica, o Conselho de Administração (CA) “não irá propor qualquer remuneração acionista” na próxima assembleia-geral (AG) de acionistas.

“Devido à incerteza que ainda envolve o panorama económico, o CA não irá propor qualquer remuneração acionista na próxima AG”, refere o presidente executivo, citado no comunicado.

Apesar disso, “é reafirmado o compromisso de distribuir 1,5 euros/ação no ciclo estratégico 2019-2023”, acrescenta.

“Em 2020, a Novabase teve uma performance robusta, concluiu três movimentos de M&A [fusões e aquisições], simplificou as operações do [segmento] Next-Gen e alcançou um desempenho financeiro sólido, que superou as expectativas num contexto de pandemia”, salienta João Nuno Bento.

O desempenho do Next-Gen, salientou, “foi notável” e “cresceu 11% organicamente, atingiu uma margem EBITDA [resultados antes de impostos, juros, depreciações e amortizações] de 8,9% e melhorou a produtividade por colaborador em 10%”.

Os resultados de 2020 “validam a nossa aposta na transformação, ao mesmo tempo que comprovam o potencial de crescimento do segmento Next-Gen”, acrescentou.

“A transformação da Novabase começa a apresentar resultados”, sublinhou o presidente executivo da tecnológica, salientando ser sua “convicção” que a empresa está agora “mais forte” e preparada “para entregar valor sustentável”.

(Atualizado às 19h18, com as declarações do presidente executivo da Novabase)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lucro da Novabase cai 63% em 2020 para 7,5 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião