BRANDS' ECO E-commerce: 10 perguntas a Ricardo Morgado, The Loop Company

  • ECO + Lisbon Awards Group
  • 10 Março 2021

Ricardo Morgado, Head of E-Commerce & Circular Economy da The Loop Company, foi um dos membros do júri da 1ª edição do Portugal E-Commerce Awards, e fala da evolução do e-commerce em Portugal.

O Portugal E-Commerce Awards é uma iniciativa do Lisbon Awards Group, startup portuguesa líder na organização de prémios e eventos corporativos próprios, em parceria com o ECO, e que tem o objetivo de distinguir os melhores projetos da área, tendo em conta a sua inovação, tecnologia, criatividade, conforto, sustentabilidade e modernidade.

Depois de uma primeira edição de sucesso, com mais de 50 vencedores em várias categorias setoriais e funcionais, arranca este ano a 2ª edição, que culminará no dia 19 de abril, com um evento digital onde serão conhecidas as empresas e os profissionais de e-commerce em Portugal que mais se destacaram no último ano.

Ricardo Morgado, Head of E-Commerce & Circular Economy da The Loop Company, foi um dos membros do júri da 1ª edição do Portugal E-Commerce Awards, e respondeu a algumas questões sobre a evolução do e-commerce em Portugal e das características imprescindíveis para vingar nesta área.

Ricardo Morgado, Head of E-Commerce & Circular Economy da The Loop Company.

Que conselhos se pode dar a quem tem o objetivo de se especializar nesta área?

Nunca foi tão fácil abrir uma loja online. O meu conselho é que pensem da mesma forma como quando se abre uma loja física. É igualmente ou até mais importante que o cliente tenha uma boa experiência. Fundamental também é um bom plano de marketing digital. Ter um bom site ou app não chega se não a soubermos divulgar. E no online, a janela de atenção do cliente é muito curta.

Qual o impacto que a pandemia teve no e-commerce e de que maneira considera que afetou a atribuição dos prémios?

Sendo um evento para distinguir projetos online, talvez o principal aspeto negativo tenha sido mesmo a impossibilidade de realizar a atribuição dos prémios num evento presencial como inicialmente previsto.

Com o crescimento do e-commerce neste ano atípico, o processo de atribuição dos prémios foi mais difícil?

O processo foi difícil pelas muitas candidaturas e qualidade dos projetos. É sempre difícil escolher vencedores nestas situações.

Quais as principais características que considera imprescindíveis num e-commerce?

Foco na User Experience (UX), transparência na informação e detalhes do produto, um check-out rápido e seguro e boas e várias opções de entrega e pick-up. Se possível, ter opções com portes grátis.

Com o crescimento do e-commerce, como vê o Portugal E-Commerce Awards daqui a cinco anos?

Parece-me natural que os Portugal E-Commerce Awards tenham um crescimento rápido, não só pelo crescimento do canal online mas porque haverá cada vez maior procura pelos comerciantes em formas de reconhecimento das suas boas práticas.

Como foi a evolução do e-commerce na vossa empresa em específico?

Temos plataformas de e-commerce desde 2017 e de ano para ano temos crescido. A pandemia obviamente acelerou este crescimento.

Acredita que o e-commerce poderá tornar-se a maior fatia do negócio para muitas das maiores empresas em Portugal?

A pandemia sem dúvida fez crescer a oferta do canal online e a procura. Mas é preciso ter em conta que muita dessa procura vem da impossibilidade de ir às lojas físicas. Ainda é cedo para perceber qual será a quota efetiva do e-commerce depois de regressarmos à normalidade. Acredito que também variará consoante o setor.

Considera o consumidor português preparado para o crescimento do e-commerce?

Portugal ainda está um pouco distante de outros países na Europa em termos de e-commerce. Mas a tendência mesmo antes da pandemia era de crescimento. Temos uma boa infraestrutura de rede e temos apostado na literacia digital. Acredito que temos todas as condições para as empresas investirem neste canal e os consumidores confiarem nele.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

E-commerce: 10 perguntas a Ricardo Morgado, The Loop Company

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião