Lisboa vai estagnar no desconfinamento

  • ECO
  • 8 Junho 2021

Fernando Medina antecipou que Lisboa não tem condições para avançar para a próxima fase do desconfinamento. Governo deve decidir esta quarta-feira em Conselho de Ministros.

Lisboa vai marcar passo na próxima fase de desconfinamento, agendada para dia 14 de junho. “Amanhã [quinta-feira] a região de Lisboa não irá progredir relativamente ao desconfinamento. Lisboa não tem condições de fazer esse avanço”, disse Fernando Medina, durante o comentário na TVI24, antecipando a decisão do Conselho de Ministros.

O presidente da câmara assinalou que, na última semana, o número de casos voltou a “progredir”. Lisboa era um dos 20 concelhos em alerta por, no último balanço, superar a fasquia dos 120 casos por 100 mil habitantes — mais precisamente registava 181 casos, de acordo com a Direção-Geral de Saúde (DGS), na passada sexta-feira. No balanço anterior, a incidência situava-se nos 153 casos por 100 mil habitantes.

A situação no concelho de Lisboa tem suscitado a preocupação das autoridades de saúde, com a ministra da Saúde a admitir que a situação “preocupa face à elevada densidade populacional”, bem como ao facto de ter uma “população muito jovem que se movimenta com muita facilidade e onde e é fácil a transmissão”.

Para as próximas semanas, Medina diz que a “grande questão” é saber se é possível “controlar a situação” ou se existirá um “agravamento”. Se este último cenário acontecer, “é uma possibilidade” a capital recuar na fase de desconfinamento.

O plano de desconfinamento ia prosseguir em duas fases: a primeira já a partir de 14 de junho e a segunda a partir de 28 de junho, seguindo a matriz de risco em vigor, mas com pequenos ajustes para os concelhos com baixa densidade populacional. Até lá, Lisboa tomou medidas para refrear o típico período de festas populares, que incluem restrições à circulação automóvel e pedonal.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa vai estagnar no desconfinamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião