Angola abre concurso público para privatizar três hotéis

  • Lusa
  • 21 Junho 2021

As três unidades hoteleiras estão localizadas nas províncias de Benguela, Huíla e Namibe. Contrato terá a duração de 12 anos, com a opção de compra no final.

O concurso público para a privatização de três unidades da rede hoteleira INFORTUR arrancou esta segunda-feira, informou o Instituto de Gestão de Ativos e Participações do Estado (IGAPE) angolano.

De acordo com um comunicado do IGAPE, as três unidades hoteleiras estão localizadas nas províncias de Benguela, Huíla e Namibe, devendo o concurso, por cessão do direito de exploração e gestão dessas infraestruturas, resultar num contrato que terá a duração de 12 anos, com a opção de compra no final.

Findo o contrato de 12 meses, o concurso, aberto a investidores nacionais e estrangeiros, dá possibilidade ao investidor de adquirir o hotel.

Os referidos hotéis, dois dos quais, um na Huíla e outro no Namibe, se encontram operacionais, têm a categoria de três estrelas e estão localizados no centro da cidade.

Os hotéis das províncias em Benguela e na Huíla possuem um total de 132 quartos, dentre eles 30 ‘twins’, seis suites, três para pessoas com mobilizada reduzida e 93 duplos, enquanto o de Namibe tem 126 quartos, dos quais 30 ‘twins’, 12 suites, três para pessoas com mobilidade reduzida e 81 quartos duplos.

As candidaturas deverão ser remetidas ao IGAPE até 20 de julho próximo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Angola abre concurso público para privatizar três hotéis

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião