Acidente com hidroavião em França deixou concelhos de norte a sul de Portugal sem eletricidade

  • ECO
  • 24 Julho 2021

Existe um problema no fornecimento de eletricidade a nível europeu que está a atingir vários países, incluindo Portugal.

Vários concelhos no país ficaram sem eletricidade devido a um problema no fornecimento a nível europeu que atingiu vários países, incluindo Portugal, confirmou à Lusa fonte da EDP. Em causa está um hidroavião que provocou um incidente nas redes de muita alta tensão em França, provocando um apagão em Espanha e Portugal. O fornecimento de energia já foi entretanto restabelecido.

Em algumas localidades, as falhas são longas. Em Vila do Conde, por exemplo, nas freguesias de Vila Chã e Mindelo, as casas estiveram sem eletricidade durante mais de meia hora, avança a Renascença (acesso livre), e em Tomar a luz faltou cerca de hora e meia apurou o ECO, e em Vila Praia de Âncora, Fafe, Famalicão, Guimarães e Braga, Trofa, Caldas da Rainha, Sesimbra, Santo Tirso, Soure, Paços de Ferreira, Felgueiras, Lousada, Parede, Penafiel e em concelhos mais a sul como Setúbal, Sesimbra, Moscavide, Olivais, Sintra, Loures e Lagoa são alguns dos locais que registaram falta de eletricidade, relatam a Renascença e o Correio da Manhã (acesso livre).

“Na sequência de um problema registado hoje na rede elétrica europeia, a rede nacional foi afetada, tendo sido necessário proceder, por indicação da REN a uma interrupção de serviço nalgumas zonas específicas para garantir a estabilidade da rede”, disse fonte oficial da E- Redes, em comunicado enviado às redações. Pelas 18 horas a gestora da rede de distribuição informou “que o serviço de fornecimento de energia já foi reposto, encontrando-se a rede em regime de funcionamento normal”, segundo avançou a Lusa.

O próprio centro operacional do 112 de Lisboa foi afetado pela falha de eletricidade, mas o atendimento das chamadas foi assegurado com a entrada em funcionamento dos sistemas de redundância, segundo a PSP. O porta-voz da PSP, Nuno Carocha, disse à Lusa que a falha de eletricidade abrangeu o 112 em Lisboa, mas “de imediato” entraram em vigor os protocolos de redundância. “O atendimento de emergência foi plenamente assegurado a todo o tempo”, acrescentou.

Contactada pelo Expresso (acesso livre), a gestora da rede de distribuição, explicou que em causa está um “deslastre de frequência na rede europeia”, que consiste numa falha técnica na rede de transporte (em muito alta tensão), com impacto nas redes de média e baixa tensão.

O problema teve origem no sul França, segundo Jordi Martínez, diretor de comunicação da rede elétrica espanhola (RedElectrica), e “devido aos protocolos internacionais a rede catalã foi desligada durante alguns minutes”. Na Catalunha há 640 mil lares afetados. Mas, em Espanha as comunidades autónomas mais afetadas são Madrid, Catalunha, Andaluzia, Aragão, Navarra, País Basco, Castela e Leão, Extremadura e Múrcia.

Mas na Catalunha, o problema já foi solucionado, como explicou a Rede Elétrica, avançando as causas do problema: um hidroavião que deixou a península Ibérica desligada do resto da Europa.

Também em França, a Costa Basca está a ser afetada por cortes de energia ao longo da tarde, de acordo com relatos de meios de comunicação locais, que noticiam apagões desde Hendaye até Bayonne e afetam outras centenas de milhares de pessoas. Na região de Borgonha, cerca de 25.000 casas estão sem energia, depois de fortes tempestades que afetaram a região.

(Notícia atualizada pela última vez às 18h45 com a informação do restabelecimento da eletricidade)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Acidente com hidroavião em França deixou concelhos de norte a sul de Portugal sem eletricidade

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião