Alemanha vai oferecer vacina de reforço contra a Covid-19 a partir de setembro

  • Joana Abrantes Gomes
  • 2 Agosto 2021

O governo alemão aprovou a administração de uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para cidadãos de risco e idosos, um plano que terá início em setembro.

Os ministros da Saúde da Alemanha aprovaram esta segunda-feira um plano para administrar uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 a cidadãos idosos e de risco, que terá início em 1 de setembro, revela a Deutsche Welle.

Este plano foi aprovado por unanimidade, numa altura em que a variante Delta continua em rápida propagação pelo mundo e os testes sugerem que a eficácia das vacinas contra a Covid-19 desaparece com o tempo.

Os ministros federal e estaduais da Saúde aprovaram também um plano para a inoculação dos adolescentes com idades compreendidas entre os 12 e os 17 anos, uma medida que não tem em conta as diretrizes estabelecidas pelo regulador de vacinas alemão, STIKO.

“Temos vacinas suficientes para todos. É por isso que é bom que os estados também queiram disponibilizar vacinas facilmente a este grupo etário”, afirmou o ministro federal da Saúde, Jens Spahn.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Alemanha vai oferecer vacina de reforço contra a Covid-19 a partir de setembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião