Irlanda consegue adaptar-se a taxa mínima de IRC, diz líder do banco central irlandês

O governador do Banco Central da Irlanda sublinha que o impacto na economia do país de uma taxa mínima global no IRC dependerá dos detalhes acordados.

O governador do Banco Central da Irlanda reitera que a economia irlandesa deverá conseguir adaptar-se a uma taxa mínima global para o imposto sobre o rendimento das empresas (IRC), uma possibilidade que está cada vez mais a ganhar forma. Ainda assim, Gabriel Makhlouf sublinha que vai depender dos detalhes que forem acordados.

“A mudança na taxa de imposto sobre as sociedades certamente terá algum impacto [na economia irlandesa]”, admitiu o governador do Banco Central da Irlanda, Gabriel Makhlouf, em entrevista ao Politico (acesso livre, conteúdo em inglês). “Mas é algo que eu, enquanto governador do banco central, me preocupo de forma significativa? Isso seria um exagero”, acrescentou.

A Irlanda tem uma das taxas de IRC mais baixas da Europa, fixando-se nos 12,5%. Já a proposta dos EUA, que é apoiada por 130 países, aponta para uma taxa mínima global de 15%. No entanto, os novos valores ainda estão por definir. “Tudo sobre impostos está nos detalhes”, reiterou o responsável, pelo que “realmente depende exatamente do que for finalmente acordado.”

Apesar destas declarações, do presidente da instituição que é independente do Governo, os líderes políticos irlandeses tem-se mostrado contra a ideia de uma taxa mínima global, argumentando que a competição fiscal é uma forma justa de atrair investimento estrangeiro. Na União Europeia, a Estónia e a Hungria também têm resistido a este acordo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Irlanda consegue adaptar-se a taxa mínima de IRC, diz líder do banco central irlandês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião