Dormidas de estrangeiros no Algarve descem 76% em julho face a 2019

  • Lusa
  • 5 Agosto 2021

Dados indicam uma taxa de ocupação global média por quarto de 49,5% em julho, 40,6% abaixo do valor registado no mesmo mês de 2019.

As dormidas de turistas estrangeiros nos hotéis do Algarve diminuíram 76% em julho, face ao mesmo mês de 2019, mas o mercado nacional aumentou 40%, segundo dados divulgados esta quinta-feira por uma associação do setor.

De acordo com a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), os dados gerais indicam uma taxa de ocupação global média por quarto de 49,5% em julho, 40,6% abaixo do valor registado no mesmo mês de 2019. Apesar da descida a nível global, as unidades de alojamento do Algarve registaram um aumento de 40% por parte do mercado nacional, face a julho de 2019, contrapostos por uma queda de 76% por parte do mercado externo.

Em valores acumulados, desde o início do ano, a ocupação por quarto regista uma descida média de 68,9% e o volume de vendas uma descida de 68,6% face ao mesmo período de 2019, acrescenta. Por zonas geográficas, relativamente a julho de 2019, as descidas variaram entre menos 53,2% em Albufeira e menos 24,3% em Tavira.

A AHETA estabelece uma comparação com o período homólogo de 2019, e não do ano passado, por ser um período em que o setor não tinha ainda sido atingido pelo impacto da pandemia. Em termos acumulados, em 2020, de janeiro a julho, a taxa de ocupação média baixou 17,4% e volume de vendas baixou 18,7%, conclui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dormidas de estrangeiros no Algarve descem 76% em julho face a 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião