Mercado automóvel em Portugal volta a cair em agosto

  • Joana Abrantes Gomes
  • 1 Setembro 2021

Agosto registou um total de 10.003 veículos automóveis matriculados, ou seja, menos 37,6% do que no mesmo mês de 2019 e menos 31,8% quando comparado com agosto de 2020.

O mercado automóvel em Portugal continua a cair, depois de o mês de agosto registar um total de 10.003 veículos automóveis matriculados, ou seja, menos 37,6% do que no mesmo mês de 2019 e menos 31,8% quando comparado com agosto de 2020.

De acordo com os dados revelados esta quarta-feira pela Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP), entre janeiro e agosto de 2021 foram colocados em circulação 123.544 novos veículos, o que, apesar de mostrar um aumento de 11,5% em relação a 2020, corresponde a uma diminuição de 34,5% face a 2019.

Fonte: ACAPACAP 01 Setembro, 2021

 

Por categorias e tipos de veículos, foram matriculados em Portugal 7.971 automóveis ligeiros de passageiros novos durante o mês de agosto, novamente uma queda quando comparado com o período homólogo de 2019 e 2020 – menos 35,9% e 35,8%, respetivamente. “Em termos acumulados, de janeiro a agosto de 2021, as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 101.739 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 36,2% relativamente ao período homólogo de 2019″, aponta a ACAP. Porém, em comparação com os primeiros oito meses de 2020, já em pandemia, o comércio de automóveis ligeiros de passageiros registou um aumento de 10%.

Ao oitavo mês de 2021, foram matriculadas 1.817 unidades de ligeiros de mercadorias, uma evolução negativa de 44,8% face ao mês homólogo de 2019. Em relação a agosto de 2020, a queda foi menor (7,3%). Este mercado atingiu 18.748 unidades matriculadas entre janeiro e agosto deste ano, representando um decréscimo de 26,3% face a agosto de 2019, mas um aumento de 16,4% em comparação com o período homólogo de 2020.

Já o mercado de veículos pesados, tanto de transporte de passageiros como de mercadorias, comercializou 215 veículos em agosto de 2021, uma queda de 30% face a agosto de 2019 e de 24,6% em comparação com o mesmo mês de 2020. “Nos oito meses de 2021, as matrículas desta categoria totalizaram 3.057 unidades, o que representou um decréscimo do mercado de 15,1% relativamente ao período homólogo de 2019 e um aumento de 40,3% quando comparado com o mesmo período de 2020”, assinala a associação.

A nível europeu, os dados mais recentes datam de junho deste ano e mostram que o mercado automóvel em Portugal teve, novamente, a segunda maior queda percentual entre os 27 Estados-membros da União Europeia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mercado automóvel em Portugal volta a cair em agosto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião