Autárquicas 2021: Na hora de chamar a atenção vale quase tudo

  • Tiago Lopes
  • 24 Setembro 2021

Insólitos, cómicos e provocadores. São assim os cartazes que marcaram a campanha das eleições autárquicas de 2021. De norte a sul do país, os partidos apostaram na criatividade para chamar a atenção.

As eleições autárquicas estão marcadas para o próximo domingo, dia 26 de setembro, numa campanha que mais uma vez ficou marcada pela criatividade, por vezes em excesso, dos vários partidos na hora de passarem a sua mensagem.

Seja através do Facebook, WhatsApp, Twitter, ou outras das muitas redes sociais, foram-nos chegando muitas imagens de cartazes que por vezes nos faziam rir e, inclusive, questionar a sua veracidade. Outros tornaram-se mais polémicos.

Exemplo disso foi o cartaz colocado no Seixal pelo PSD com uma imagem de Mao Tse Tung acompanhado da mensagem: “Depois de 45 anos a comer arroz. Vais votar nos mesmos de sempre? Mao, Mao, Maria”, levando mesmo a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) a reagir e a instaurar um processo contra o candidato do PSD ao Seixal.

Ainda assim, a maior parte dos cartazes acabam por ser inofensivos. A página “Tesourinnhos das Autárquicas” foi criada há uns anos nas redes sociais e dedica-se a compilar os melhores cartazes produzidos durante a campanha para as eleições.

É nesta página que encontramos alguns dos cartazes mais insólitos que foram sendo colocados ao longo dos vários meses de campanha que antecederam as eleições do próximo domingo.

Em Oeiras, por exemplo, o candidato pelo PSD Alexandre Poço adotou o estilo James Bond para passar a sua mensagem “prometendo dar tudo por Oeiras”.

O merchandising distribuído durante a campanha de Alexandre Poço também foi pensado ao pormenor.

Em Gondomar, a luta pelos cartazes também esteve ao rubro. O PSD perguntou aos cidadãos se sabiam “que Gondomar tem a 4.ª água mais cara do país?”. O PS não perdeu tempo e colocou um cartaz à frente com a seguinte mensagem: “Sabemos! Foi o PSD que em 2001, celebrou o contrato ruinoso com a empresa Águas de Gondomar, pelo período de 30 anos!”.

Ainda em Gondomar, o candidato pela Iniciativa Liberal, Rafael Corte Real, prometeu uma “oposição de peso”.

No concelho de Alvaiázere, distrito de Leiria, o movimento independente “Vamos Alvaiázere” quer dar a volta.

Em Aranhas, Isabel Reis quer um abraço coletivo.

“Todos pela matança, matança para todos”. É este o lema que as candidatas do PSD, Maria João Albuquerque e Joaquina Domingues, apresentaram no seu cartaz para as eleições autárquicas.

Em Biscoitos, orgulho é coisa que não falta.

Em Óbitos, o candidato é Paulo Gonçalves, mas o seu maior trunfo é a sua mulher, a Lara.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Autárquicas 2021: Na hora de chamar a atenção vale quase tudo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião