“Sistema judiciário humilhado por um gangster da banca”. As reações à fuga de Rendeiro

  • Tiago Lopes
  • 29 Setembro 2021

João Rendeiro fugiu do país depois de esta terça-feira ter sido condenado a pena de prisão efetiva. Nas redes sociais multiplicam-se as reações e as críticas à Justiça portuguesa.

João Rendeiro, ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado esta terça-feira a três penas de prisão efetiva. Pouco depois de a notícia ter sido conhecida soube-se que o ex-banqueiro tinha fugido da Europa para um país sem acordos de extradição com Portugal. “Estou no estrangeiro e não pretendo voltar”, disse.

Ainda nesta terça-feira, João Rendeiro escreveu no seu blogue que “não tenciona regressar a Portugal” para cumprir as três penas de prisão efetiva a que foi condenado: uma de três anos e seis meses por burla qualificada, uma outra de cinco anos e oito meses por falsidade informática e ainda uma de dez anos por fraude fiscal.

Nas redes sociais as reações à fuga de João Rendeiro para fora da Europa não se fizeram esperar.

“Só falta acrescentar “forradinho com o que roubei”. E responsáveis — por incompetência, colusão, corrupção? — de mais esta injustiça não são expostos, julgados e punidos? Ou impunidade é para afundar o que resta da credibilidade da #Justiça e Estado de Direito?”, escreveu Ana Gomes na sua conta oficial do Twitter.

João Paulo Batalha, antigo presidente da associação Transparência e Integridade, também mostrou a sua indignação no Twitter. “Há mais de um mês que eu e Paulo de Morais andamos a perguntar aos tribunais porque não prendem Rendeiro. Nunca nos deram uma resposta clara. Se eu sugerir que a razão da inércia era precisamente viabilizar este desfecho, sou um desavergonhado populista.”

“Vergonha. Sistema judiciário humilhado publicamente por um gangster da banca”, escreveu Carlos Vargas também na mesma rede social.

O pneumologista Filipe Froes também deixou fortes críticas à Justiça portuguesa. “Um país sem Justiça célere, eficaz, fraca com os poderosos, dura com os fracos, nunca poderá ser um país decente!!!”.

“Enquanto houver juízes a brincar à teoria do Direito e um sistema dominado por partidos que querem combater moinhos de vento e ser pregadores de ideologias cor-de-rosa em vez de construírem um Estado de Direito respeitável, bandidos como João Rendeiro vão sempre gozar com o país”, escreveu Alexandre Guerreiro que, durante sete anos, foi oficial de informações do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa (SIED), o braço externo das secretas portuguesas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Sistema judiciário humilhado por um gangster da banca”. As reações à fuga de Rendeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião