Diário de campanha. Rosa Mota chama “nazizinho” a Rui Rio

  • Tiago Lopes
  • 21 Janeiro 2022

Antiga maratonista e campeã olímpica esteve presente esta sexta-feira num encontro com apoiantes do líder do PS onde chamou Rui Rio de “nazizinho”.

Com o avançar da pandemia de Covid19, os partidos foram obrigados a fazer algumas alterações nas suas campanhas. É, por isso, esperado que muitas das suas ações passem por uma comunicação mais presente nas redes sociais. O ECO vai resumir diariamente até ao dia 30 de janeiro tudo o que de mais importante foi dito pelos principais intervenientes na corrida às legislativas de 2022.

A polémica do dia nas redes sociais envolve a antiga maratonista Rosa Mota. Na manhã desta sexta-feira, António Costa esteve reunido, em Monsanto, Lisboa, com 15 personalidades independentes, onde também estava presente a campeã olímpica de 1988. E foi aqui que Rosa Mota se dirigiu a Rui Rio como “nazizinho”.

“Eu realmente não percebo como é que as pessoas não conseguem ver o que se tentou destruir naquela cidade (Porto). Ele é que manda, é um nazizinho e o resto põe de lado”, disse Rosa Mota numa conversa com apoiantes do líder do PS, António Costa.

Rui Rio não demorou a responder, registando que “não é essa a forma de se fazer campanha, nem de fazer política”.

“Eu nem vou conferir grande importância porque acho que é dar importância demais a quem a não deve ter, agora não é essa a forma de se fazer campanha, nem de fazer política, a minha não é e está provado que não é, mas o doutor António Costa é que sabe quem mete dentro da sala”, disse o líder do PSD, à chegada à Figueira da Foz, em declarações às televisões.

Outros apontamentos da campanha

No Twitter, o PAN divulgou uma publicação onde reforça a aposta na criação de um Ministério da Economia e das Alterações Climáticas e do Ministério do Ambiente, Biodiversidade e Proteção Animal, lembrando que a “economia não pode estar dissociada das alterações climáticas.”

Já o Bloco de Esquerda lembra a importância do SNS como pilar da democracia. “A solução para os seus problemas não passa por destruí-lo e enviar pessoas para o privado,” lê-se na conta oficial do partido liderado por Catarina Martins.

O Partido Socialista publicou um conjunto de imagens do encontro desta sexta-feira com 15 personalidades independentes.

O dirigente comunista João Ferreira está em isolamento depois de ter testado positivo à Covid-19, mas nem por isso ficou afastado das redes sociais. Na sua conta no Twitter publicou um vídeo de Manuel Pires da Rocha, primeiro candidato da CDU pelo círculo da Coimbra.

André Ventura voltou a criticar o elevado preço que os portugueses pagam para circular nas estradas de Portugal.

O “Diário de campanha nas redes” é uma rubrica diária sobre os acontecimentos que estão a marcar a campanha eleitoral nas redes sociais.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Diário de campanha. Rosa Mota chama “nazizinho” a Rui Rio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião