AHRESP aponta redução de impostos como prioridade para próximo Governo

  • Lusa
  • 17 Fevereiro 2022

Um barómetro realizado pela AHRESP revela que, para 70% dos inquiridos, reduzir a carga fiscal é a medida mais relevante que o próximo Governo deverá tomar.

Os setores da hotelaria e restauração consideram que a principal prioridade para o próximo Governo deve ser a redução de carga fiscal, com 70% dos inquiridos a destacar esta questão, segundo um barómetro realizado pela associação AHRESP.

Assim, de acordo com o barómetro, divulgado esta quinta-feira pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), para “70% dos inquiridos (órgãos sociais da associação) que responderam, na maioria micro e pequenas empresas, reduzir a carga fiscal é a medida mais relevante que o próximo Governo deverá tomar”.

O inquérito concluiu ainda que “a promoção de medidas de capitalização das empresas e apoios à tesouraria aparece como a segunda medida prioritária, para 20% dos respondentes, seguida da promoção de campanhas de incentivo ao consumo, defendida por 10% dos inquiridos”, referiu a AHRESP, numa nota.

“Com a evolução da pandemia, o levantamento das restrições sanitárias e a perspetiva de um 2022 mais positivo e estável do que os dois anos anteriores, a redução da carga fiscal para equilibrar a inflação dos preços, reflexo da subida de custos de energia e combustíveis, é a prioridade para as empresas representadas nos órgãos sociais da AHRESP”, lê-se no barómetro, que a associação publicou no seu site.

Este barómetro decorreu entre 4 e 14 de fevereiro, com o objetivo de conhecer a “opinião dos decisores nacionais da restauração e similares e alojamento turístico, representados através dos seus órgãos sociais e representantes regionais e setoriais”, indicou.

Os setores da hotelaria e restauração foram dos mais afetados pela pandemia de Covid-19, com muitas empresas a encerrarem ou a sofrerem restrições ao funcionamento nestes últimos dois anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

AHRESP aponta redução de impostos como prioridade para próximo Governo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião